GALERIA: XIX Virtuosi – Dia 6 (Ordem Terceira)


Fotos: Flora Pimentel

GALERIA: XIX Virtuosi – Dia 4 (Ordem Terceira)


Fotos: Flora Pimentel

Orquestra Virtuosi se apresenta na Ordem Terceira de São Francisco nesta quarta

img_0984

A Orquestra Virtuosi sob a regência do Maestro Rafael Garcia apresenta nesta quarta-feira (14) um concerto com a participação de importantes solistas. O recital é o mesmo que será levado na tour internacional do Festival XIX Virtuosi. O público terá a oportunidade de apreciar a peça musical de forma gratuita, às 19h, na Ordem Terceira de São Francisco, no Bairro de Santo Antônio, no Recife.

Formada por expressivos músicos nacionais e internacionais, a seleção de seus compositores e instrumentistas é feita de acordo com a programação que a Orquestra realiza. Na ocasião, se apresentam junto com o Maestro Rafael Garcia, músicos do calibre de Rafael Altino, Clara-Jumi Kang, que será solista da Orquestra nos concertos de Recife, Montevidéu e Buenos Aires, entre outros.

Criador, diretor artístico e regente do Festival Virtuosi, Rafael Garcia tem se destacado pelo seu infatigável empenho e esforço em difundir a música clássica em todos os segmentos e lugares em que se vislumbre a menor chance para isso. Casado com a pianista pernambucana Ana Lucia Altino, desempenhou inúmeras funções como violinista, professor, diretor artístico, regente, criador e coordenador de projetos culturais significativos para o desenvolvimento da música clássica na região.

Ao longo dos anos conquistou relevantes oportunidades como o cargo de Spalla da OSESP com o Maestro Eleazar de Carvalho; a implantação do movimento musical na Paraíba; a posição de professor do New England Conservatory e criação do Lexington Music Festival em Boston; a criação da OFN/NE; a criação e reativação da Orquestra Jovem de Pernambuco entre outras.

O programa da turnê é formado por obras de Vivaldi e conta com patrocínio do BNDES, CHESF, STN, Excelsior Seguros, incentivo do Funcultura e apoio da Prefeitura do Recife, Consulado Americano, Consulado Geral da França, CEPE, MAMAM, CCK, Sala VERDI, Universidad Católica de Chile, UFPB, UFBA, Teatro de Cultura Popular Chico Daniel, Dragão do Mar e Dorisol Grand Hotel Recife.

GALERIA DE FOTOS – XII VIRTUOSI BRASIL (Dia 3)


Fotos: Vanessa Bastos

GALERIA DE FOTOS – XII VIRTUOSI BRASIL (Dia 2)

Fotos: Vanessa Bastos

VIRTUOSI NA SERRA LEVA RECITAIS E CONCERTOS COM MÚSICOS ESTRANGEIROS A GARANHUNS

Soh-Hyun Park carolinebittencourt (292)

Após passar pelas cidades de Belo Jardim e Gravatá, o VIRTUOSI agora chega a Garanhuns para realizar uma série de concertos e recitais com convidados nacionais e estrangeiros durante o FIG. De 24 a 26 de julho, a Igreja Matriz de Santo Antônio recebe a programação do VIRTUOSI NA SERRA com entrada gratuita.

Uma das características do Virtuosi é a preocupação em mostrar talentos da música de concerto que possuem grande precisão na execução até de obras consideradas difíceis. As atrações convidadas já conquistaram prêmios internacionais em diferentes categorias e instituições, garantindo um prestígio ainda maior ao evento. Com isso, a expectativa é de sessões lotadas, com a presença até de público de outras cidades além das que sediam o festival.

A programação se inicia no domingo (24) às 16h30 com a execução do Requiem de Mozart, com coralistas suiços e nordestinos em um trabalho desenvolvido durante o festival em Gravatá na semana anterior. A apresentação homenageia o percussionista Naná Vasconcelos, que foi uma das atrações do Virtuosi em edições anteriores. Para a ocasião estarão presentes a soprano Gabriella Pace, a mezzo-soprano Adriana Clis, o tenor suíço Niklaus Rüegg, o barítono Robert Koller e o regente coral Matthias Heep acompanhados da Orquestra Jovem de Pernambuco sob o comando do maestro Rafael Garcia.

“O Réquiem é o último trabalho de Wolfgang Amadeus Mozart e tinha sido realizado em toda a Europa logo após a morte do compositor em 1791. Naquela época, foi considerado seu melhor trabalho”, explica o tenor Niklaus Rüegg. “A música é colorida, variada e requer um certo virtuosismo tanto pelos cantores de coral quanto os solistas”, completa.

Niklaus Ruegg

Niklaus Ruegg

Recitais- Na segunda-feira (25), às 16h30, o festival apresenta um recital em duo do violista Rafael Altino com o pianista russo Ilya Ramlav. Serão apresentadas peças de Brahms e Rachmaninoff. Ramlav retorna a Garanhuns após alguns anos, mas para ele a emoção de estar no Virtuosi é grande. “Para mim, toda vez que vou tocar no Virtuosi, o tempo é especial. São momentos que guardo no meu coração por causa das pessoas que eu estou cercado por lá: dos organizadores ao público. As pessoas no Brasil amam a música com todo o seu coração. E é por isso que eu acho que é a melhor audiência para tocar”.

No mesmo dia, às 21h, o pianista retorna à Igreja para executar o programa “Barroco & Romantismo”. “Eu decidi fazer um programa com base em dois movimentos musicais de alguns séculos atrás. A música barroca vem representada pelos compositores Domenico Scarlatti e Antonio Soler. São duas peças que eu acho muito lindas e que eu adoro tocar”. Na segunda parte do recital, com obras do período do Romantismo, Ramlav selecionou obras de Schumann e Rachmaninoff. “Eu não seria um instrumentista russo se não trouxese alguma obra de Rachmaninoff para vocês”, brinca.

No encerramento da programação do VIRTUOSI NA SERRA, o Duo Altino se apresenta pela primeira vez em Garanhuns na terça (26) às 16h30. Será a primeira oportunidade em que o público da cidade poderá conferir ao vivo as peças que o casal Leonardo (cello) e Soh-Hyun Park (violino) selecionou para a ocasião.

Às 21h, os tenores suíços Niklaus Rüegg e Robert Koller apresentarão canções e árias de ópera e opereta acompanhados da pianista búlgara Nadia Belneeva. No repertório estarão obras de Schubert, Mahler, Ravel e Mozart, dentre outros. Nas palavras de Rüegg, “é uma grande honra para nós estar em um evento de renome como o Virtuosi na Serra no Festival de Inverno de Garanhuns sob a direção de Rafael Garcia e sua fabulosa orquestra, além da organização confiável de Ana Lúcia a quem agradecemos o convite”.

PROGRAMAÇÃO
XII VIRTUOSI NA SERRA
GARANHUNS – Igreja de Santo Antônio
24 a 26 de Julho de 2016

DOMINGO – 24.07
16h30 RÉQUIEM DE MOZART

W.A. MOZART [1756-1791]
Requiem em ré menor KV 626
Requiem
Kyrie
Sequentia
Dies Irae
Tuba mirum
Rex tremendae
Recordare
Confutatis
Lacrimosa
Offertorium
Domine Jesu Christe
Hostias
Sanctus
Benedictus
Agnus Dei
Communio
Lux aeterna

ORQUESTRA JOVEM DE PERNAMBUCO
GABRIELLA PACE, soprano
ADRIANA CLIS, mezzo-soprano
NIKLAUS RÜEGG, tenor
ROBERT KOLLER, barítono
CORAL DA SEMANA INTERNACIONAL DE CORAL
MATTHIAS HEEP, regente coral
RAFAEL GARCIA, regente


SEGUNDA – 25.07
16H30 BRAHMS & RACHMANINOFF

JOHANNES BRAHMS [1833-1897]
Sonata nº2 em fá maior Op.99 (cello e piano)
Allegro vivace – Adagio affettuoso
Allegro passionate – Allegro molto

SERGEI RACHMANINOFF [1873-1943]
Sonata em sol menor, Op.19 (cello e piano)
Lento.Allegro moderato
Allegro scherzando – Andante
Allegro mosso

RAFAEL ALTINO, viola
ILYA RAMLAV, piano


SEGUNDA – 25.07
21H BARROCO & ROMANTISMO

DOMENICO SCARLATTI [1685-1757]
Sonata in D minor K213

ANTONIO SOLER [1729-1783]
Sonata in D major R84

ROBERT SCHUMANN [1810-1856]
Grand Sonata in F-sharp minor op.11
Introduzione. Un poco Adagio – Allegro vivace
Aria
Scherzo e Intermezzo. Allegrissimo
Finale. Allegro un poco maestoso

SERGEI RACHMANINOFF [1873-1943]
Moments Musicaux
2. Allegretto em mi bemol menor
3. Andante cantabile em si menor
4. Presto em mi menor

ILYA RAMLAV, piano


TERÇA – 26.07
16H30 DUO ALTINO

ZOLTÁN KODÁLY [1882-1967]
Duo for Violin and Cello, Op. 7
Allegro serioso, non troppo
Adagio
Maestoso e largamente, ma non troppo lento – Presto
 
PAUL DESENNE [b. 1959]
“En Voyage” – Trois Mouvement pour Violon et Violoncelle (2012)
Delta Seis
Tañido (sobre una canción larense)
Pilón Collider
  
MAURICE RAVEL [1875-1937]
Sonate pour Violon et Violoncelle
Allegro -Trés vif
Lent – Vif, avec entrain

SOH-HYUN PARK ALTINO, violino
LEONARDO ALTINO, cello


TERÇA – 26.07
21H RECITAL DE CANTO

FRANZ SCHUBERT [1797-1828]
Der Lindenbaum
Mein!
Ständchen (Leise flehn…)

GUSTAV MAHLER [1860-1911]
Um schlimme Kinder artig zu machen
Nicht wiedersehen

ROBERT SCHUMANN [1810-1856]
Im wunderschönen Monat Mai
Wenn ich in deine Augen seh’
Ich grolle nicht

MAURICE RAVEL [1875-1937]
Chanson Épique
Chanson Romanesque

GAETANO DONIZETTI [1797-1848]
Una furtiva lagrima (L’elisir d’amore)

WOLFGANG AMADEUS MOZART [1756-1791]
Non più andrai, farfallone amoroso (Le nozze di Figaro)
Bildnisarie (Flauta Mágica)
Madamina, il catalogo è questo (Don Giovanni)
Vivat Bacchus (O Serralho)

NIKLAUS RÜEGG, tenor
ROBERT KOLLER, barítono
NADIA BELNEEVA, piano

Aberto ao público
Mais informações:
www.virtuosi.com.br

GALERIA DE FOTOS – VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ (Dia 4)


Fotos: Vanessa Bastos

ENCERRAMENTO DO VIRTUOSI DE GRAVATÁ TRAZ CORAL COM QUARENTA VOZES

VIRTUOSI-7222

Neste ano, o VIII Virtuosi de Gravatá recebeu a Semana Internacional de Coral em convênio com instituições musicais suíças trazendo assim cerca de 20 coralistas do exterior, além de tenores, barítonos e regentes. Ao longo da semana, o coral se uniu em uma só voz sob a regência do suíço Matthias Heep, que ficou responsável por orientar os alunos e profissionais para a execução de um programa especial que será apresentado na Igreja Matriz de Sant’Ana neste domingo (24) pela manhã.

Apesar da turma de inscritos nas Masterclasses do Virtuosi ser bastante heterogênea, Mathias ficou animado com a pluralidade de participantes do coral. “Desde o primeiro momento que cheguei, vi que os cantores brasileiros e os europeus se deram bem com um excelente relacionamento. Além disso, dois dos participantes suíços falam muito bem o Português, tornando tudo mais fácil”, explica.

O regente do coral viu que a barreira do idioma não é difícil de transpor se tem a música como unidade em comum. “Se você comunica claramente suas idéias de interpretação, os cantores seguem a sua linha e seu jeito pré-formatado de cantar. Paciência é sempre necessária além do conhecimento sobre diferentes tons com o mesmo objetivo”, responde. Para ele, o objetivo está perto de ser alcançado no domingo com a primeira apresentação pública deste grande coral: “Após os ensaios do primeiro dia eu fiquei realmente aliviado e otimista: o nosso trabalho será frutífero e vai gerar bons resultados”.

Pelo oitavo ano consecutivo, a charmosa cidade de Gravatá recebeu uma fina programação musical com instrumentistas de alta qualidade. Uma das características do Virtuosi é a preocupação em mostrar talentos da música de concerto que possuem grande precisão na execução até de obras consideradas difíceis. O VIII Virtuosi de Gravatá tem apoio do Hotel Villa Hípica, Cepe, Regionale Musikschule, Kanton Basel-Stadt e Avina Stiftung.

Programação – Antes do grande recital de canto no encerramento, o Virtuosi de Gravatá preparou um concerto especial com o Duo Altino nesta sexta (22) às 20h na Igreja Matriz de Sant’Ana. O casal Leonardo (cello) e Soh-Hyun Altino (violino) vai apresentar um programa com obras de Kodály, Desenne e Ravel.

Às 11h do sábado (23), o violonista eslovaco Adam Marec realiza seu recital com músicas de Edgberto Gismonti, Petr Eben e Paulo Bellinati, entre outros. Marec estudou no Conservatório de Žilina e na Universidade de Artes de Banská Bystrica. Apresenta-se regularmente como solista e toca com orquestra e vários conjuntos de câmara. É tutor no Conservatório e na Academia de Artes de Banská Bystrica e Ján Albrecht’s Academy, em Banská Stiavnica.

É no sábado (23) à noite, a partir das 20h que haverá a apresentação do Réquiem de Mozart reunindo coralistas, instrumentistas e professores que participaram do Virtuosi ao longo da semana. “O Réquiem é um desses grandes mistérios da música universal quando Mozart queria abrir uma nova porta para se tornar um Mestre da música de St. Stephen, em Viena”, conta Matthias, que terá a missão de reger o coral de 40 vozes nesta ocasião. A obra, no entanto, só foi concluída após a morte do compositor deixando para a humanidade este grande legado.

Apesar de ser uma obra de despedida e de dor que reflete o que Mozart sentia na ocasião, Matthias entende que “a música tem o poder de consolar e dar coragem para outras pessoas. Não poderia haver maior testamento de um artista do que este Réquiem”. Foi por tudo isso que esta foi a primeira partitura que o regente adquiriu assim que começou a estudar música.

Na opinião do regente, é ótima a oportunidade que um festival como o Virtuosi proporciona ao promover uma integração entre músicos de diversas partes do mundo. “A atmosfera do Virtuosi nos dá uma idéia sobre os outros e, talvez, melhores formas de cantar ou tocar. É sempre importante aprender sobre outros países e ver o nosso mundo com os olhos de outra nação”, conclui.

VIII FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
16 A 24 DE JULHO DE 2016
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA


SEXTA 22|07

20h DUO ALTINO

ZOLTÁN KODÁLY [1882-1967]

Duo for Violin and Cello, Op. 7

Allegro serioso, non troppo

Adagio

Maestoso e largamente, ma non troppo lento – Presto

PAUL DESENNE [b. 1959]

“En Voyage” – Trois Mouvement pour Violon et Violoncelle (2012)

Delta Seis

Tañido (sobre una canción larense)

Pilón Collider

MAURICE RAVEL [1875-1937]

Sonate pour Violon et Violoncelle

Allegro -Trés vif

Lent – Vif, avec entrain

SOH-HYUN PARK ALTINO, violino

LEONARDO ALTINO, cello

SÁBADO 23|07

11h ADAM MAREC, violão

JIŘÍ JIRMAL [1925]

Baden Jazz Suite

Simplicitas – Berceuse

Rondo a la Samba

FERNANDO SOR [1778-1839]

Etude concertante Op. 6, No. 11

PETR EBEN [1929-2007]

Mare Nigrum

Danza –Canto -Toccata

AGUSTÍN BARRIOS MANGORÉ [1885-1944]

Cancíon de la Hilandera

KASPAR JOSEPH MERTZ [1806-1856]

Bardenklänge Op. 13

(choice of works)

EGBERTO GISMONTI [1947]

Água e Vinho

PAULO BELLINATI [1950]

Jongo

CARLO DOMENICONI [1947]

Koyunbaba suite, Op 19

20h REQUIEM DE MOZART

W.A. MOZART [1756-1791]

Requiem em ré menor KV 626

Requiem

Kyrie

Sequentia

Dies Irae

Tuba mirum

Rex tremendae

Confutatis

Lacrimosa

Offertorium

Domine Jesu Christe

Sanctus

Benedictus

Agnus Dei

Communio

Lux aeterna

ORQUESTRA JOVEM DE PERNAMBUCO

GABRIELLA PACE, soprano

ADRIANA CLIS, mezzo-soprano

NIKLAUS RÜEGG, tenor

ROBERT KOLLER, barítono

CORAL DA SEMANA INTERNACIONAL DE CORAL

MATTHIAS HEEP, regente coral

RAFAEL GARCIA, regente

DOMINGO 24|07

11h RECITAL

Resultado do trabalho desenvolvido durante o festival

CORAL:

Sopranos: Ana Cláudia Lins, Angela Wiedmer, Elizete de Lira, Flavia Hodel, Giovanna Simões, Hannah Beutler, Mérlia Faustino, Milena Witzemann, Mylene Lafranchi, Olivia Alleman, Pascale Welsch, Regina Vogel, Raphaela Vogel, Sônia Santos, Suênya Mota, Thayze Tavares
Altos: Amanda Santos, Anja Michel, Harynne Liebig, Isabel Amsler, Johanna Vogel, Katarzyna Krasnopolska, Maria Rejane Silva, Nizely Costa, Noemie Bollinger, Sofia Heuri
Tenores: Adriano Sampaio, Daniel dos Santos, Donatelly Santos, Estevão de Moraes, Guilherme Gaião, Ivan de Lima Jr, Jeter Mauricio, José Adriano Junior, Marcos Célio, Marcos Gonzalez
Baixos: Alysson Cavalcanti, Andreas Lüchinger, Benjamin Widmer, Caio de Sá, Douglas Cavalcante, Elvis Guimarães, Jonathan Brugger, Lenard Fasnacht, Lukas Hayoz

ORQUESTRA:
Violinos: Valter Soares, Felipe dos Santos Vital, Misael Dinis, Yuri Tavares, Thialysson Moura, Jesse de Oliveira Neto, Samuel Oliveira, Silverson Henrique, Calini Brito, André Luiz Serapião, Cleydson de Lima, Jade Martins
Violas: Ryellen de Souza Joaquim, Reuel Gomes, Raul Victor, Letícia de Lima, Daniel Espinoza, Laercio Souza, Baruck Borean, Igor Borges, Moises Bomfim Honto, Paloma Izidio, Jontas Santos, Daniel Mendes, Camila Rodrigues, Raquel Paz
Cellos: Nilson Galvão, Daniel Tamietti, Daiane de Andrade, Diego Dias, Fernando Trigueiro, Davidson Costa, Italo Rafael, Leonardo Semensato, Valquiria Soares, Amanda Lopes
Baixos: Italo Ferreira, Fagner Zumba, Carlos Rosendo
Clarinetes: Isaías Rafael
Fagotes: Péricles Johnson, Josias Felipe
Trompetes: Josias Adolfo, Erico Verissimo
Trombones: Mizael França
Timpano: Antonio Barreto

Mais informações: www.virtuosi.com.br

INSTRUMENTISTAS DO VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ HOMENAGEIAM PAGANINI E CESAR FRANCK

Marec

Na noite desta quinta-feira (21), o VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ apresenta um recital em homenagem ao compositor italiano Paganini e ao belga Cesar Franck. Para a ocasião, o festival chamou Soh-Hyun Park Altino (violino), Alexandre Casado (violino), Rafael Altino (viola), Leonardo Altino (cello), Adam Marec (violão) e Ilya Ramlav (piano) em uma formação de Quinteto para Piano e Cordas. A apresentação acontece às 20h na Igreja Matriz de Sant’Ana com entrada gratuita.

Este é o oitavo ano consecutivo em que a charmosa cidade de Gravatá recebe uma fina programação musical com instrumentistas de alta qualidade através do festival Virtuosi. Com direção musical do maestro Rafael Garcia, o Virtuosi de Gravatá acontece até o dia 24 de julho e depois segue para Garanhuns, onde acontece o Virtuosi na Serra, dentro da programação do Festival de Inverno de Garanhuns.

Ilya Ramlav, pianista russo que acompanhará o quinteto de cordas nesta apresentação, conta sobre a experiência que tem ao estar em Gravatá para estes dias de programação do Virtuosi. “Para mim, pessoalmente, toda vez que vou tocar no Virtuosi, o tempo é especial. São momentos que guardo no meu coração por causa das pessoas que eu estou cercado por lá. As pessoas no Brasil amam a música com todo o seu coração. E é por isso que eu acho que é a melhor audiência para tocar”, revela.


VIII FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
16 A 24 DE JULHO DE 2016

IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA

QUINTA 21|07
20h PAGANINI & CESAR FRANCK

NICCOLÒ PAGANINI [1782=1840]
Quarteto nº 15 para viola, violin, cello & guitarra
Maestoso – Menuetto a canone.Andantino
Recitativo. Andante sostenuto con sentiment
Adagio cantabile – Rondo.Allegretto

CESAR FRANCK [1822-1890]
Quinteto para piano e cordas em fa menor
Molto moderato quasi lento – Allegro
Lento con mnolto sentiment
Allegro non troppo ma con fuoco

SOH-HYUN PARK ALTINO, violino
ALEXANDRE CASADO, violino
RAFAEL ALTINO, viola
LEONARDO ALTINO, cello
ADAM MAREC, guitarra
ILYA RAMLAV, piano

Mais informações: www.virtuosi.com.br