FabioCury_Alessandro

“Virtuosi” é a forma plural de “virtuoso” que significa a habilidade fora do comum de uma pessoa diante de um instrumento musical. No Recife, é sinônimo de qualidade e credibilidade. O VIRTUOSI – Festival Internacional de Música de Pernambuco é um espaço aberto para que intérpretes e compositores possam dar sua contribuição ao desenvolvimento da música no estado. O virtuosismo é uma característica forte do festival, oferecendo ao público uma programação que traz instrumentistas renomados de grande talento.

Neste ano, o festival chega à sua 17ª edição e se divide entre Olinda, Recife, João Pessoa, Campina Grande, Fortaleza e Belém entre os dias 07 e 15 de dezembro. Na programação do evento, estão grandes nomes da música internacional e ainda instrumentistas consagrados do país.

Para abrir a programação artística do evento, a produtora Ana Lúcia Altino e o diretor artístico do Virtuosi, o Maestro Rafael Garcia, selecionaram os programas “O Fagote Barroco” e “Valsas Para Fagote Solo” que contam com a presença de Fabio Cury (fagote) e Alessandro Santoro (cravo). A apresentação ocorre no domingo (07/12) na Igreja do Carmo em Olinda com entrada gratuita.

O VIRTUOSI 2014 conta com patrocínio do BNDES, CORREIOS, Excelsior Seguros, incentivo do Governo do Estado de Pernambuco e Prefeitura Municipal do Recife e apoio da Prefeitura de Olinda, Prefeitura de João Pessoa, Prefeitura de Campina Grande, CEPE, Livraria Cultura, UFPB, Fundação Amazônica de Música, Dragão do Mar e Dorisol Grand Hotel Recife.

Músicos – Graduado em Música pela UNICAMP, Fabio Cury estudou na Escola Superior de Teatro e Música de Hannover e foi premiado em inúmeros concursos brasileiros, entre eles, o Concurso para Jovens Solistas da OSESP e o VIII Prêmio Eldorado de Música. Gravou música de câmara pelos selos Paulus, Meridian e Brasil Meta Cultural, tendo lançado recentemente o CD “Fábio Cury e Alessandro Santoro interpretam Bach” recebendo excelentes críticas.

Alessandro Santoro, que acompanhará Cury na apresentação do Virtuosi, tornou-se “Master of Fine Arts” em piano no Conservatório Tchaikovsky de Moscou. Obteve mestrado em cravo pelo Conservatório Real de Haia e junto do violinista Luis Otávio Santos e o gambista Ricardo Rodriguez Miranda, recebeu o prêmio “Diapason D’or” por disco com obras de Leclair. Integrou o corpo docente do “Koninklijk Conservatorium” de Haia como professor convidado de cravo, baixo contínuo e música de câmara barroca e clássica por cinco anos.

Programação – O XVII Virtuosi prossegue durante os dias seguintes com uma programação no Recife levando espetáculos com instrumentistas renomados internacionalmente. A primeira noite do festival no Recife ocorre no Conservatório Pernambucano de Música na quarta (10/12) com um recital que conta com a presença do romeno Catalin Rotatu no violoncello e a russa Anastasia Zhivotovskaya no piano. O evento tem início às 19h30 e possui entrada gratuita.

Nos dias 12 e 13 de dezembro, o festival apresenta o II VIRTUOSI PELA PAZ – MARATONA VIRTUOSI BNDES com 24 horas de música com diversas apresentações que incluem Orquestra Virtuosi, Benjamin Schmid Jazz Quartet, Stringfever, Ensemble Roby Lakatos, Christian Lindberg, DJ Dolores & Naná Vasconcelos e muitos outros artistas nacionais e internacionais. Um dos destaques da maratona será o concerto especial da Orquestra Jovem de Pernambuco que terá como solista o pianista Artur Moreira Lima.

O festival se despede do Recife no domingo (14) com a Maratona Virtuosi BNDES de Piano com a presença dos pianistas russos Ilya Ramlav e Anastasia Zhivotovskaya. Considerado uma das maiores revelações da nova geração da música clássica, Ramlav foi solista à frente de orquestras como a de St. Petersburgo e realiza seu recital às 18h no Teatro de Santa Isabel, sendo seguido às 19h pela pianista russa Anastasia Zhivotovskaya.