Luiz Gonzaga e Claude Debussy serão os homenageados da quarta edição do festival Virtuosi Gravatá, que acontece entre os dias 13 e 22 de julho, na cidade localizada a 80 km do Recife e conhecida por seu clima aconchegante.

Para celebrar o centenário do nascimento do Rei do Baião, o festival encomendou a composição de uma peça especialmente dedicada ao mestre nordestino.

Memorial Musical de Luiz Gonzaga foi criada pelo compositor paraibano Eli-Eli Moura e será apresentada, pela primeira vez,  no dia 21 de julho.

Como forma de homenagear os 150 anos de nascimento do compositor francês Debussy, o Virtuosi apresentará recitais executados pelos pianistas Victor Asuncion (Filipinas), Kasparas Uinskas (Lituânia) e Tian Lu (China). O violinista russo Nikita Borisoglebsky e o violoncelista brasileiro Leonardo Altino tocam sonatas escritas para seus respectivos instrumentos.

O pianista e maestro paulista João Carlos Martins, um dos grandes intérpretes da obra de Bach, também estará presente.
A pianista Ana Lúcia Altino – que, juntamente com o marido e maestro Rafael Garcia, idealizou e organiza do Virtuosi – destaca a participação do violinista argelino, mas criado na França Gilles Apap. O músico vem acompanhado do seu inovador grupo Transylvania Mountain Boys.

Além de ser muito solicitado para tocar como solista em orquestras de vários países, Apap se destaca por suas performances inusitadas, repletas de improviso e interpretações nas quais une música clássica a elementos da música popular americana, irlandesa e cigana.

Todos os concertos do Virtuosi Gravatá acontecem na Igreja Matriz de Sant´ ana.

Veja a programação completa abaixo. Para mais informações, visite o site www.virtuosi.com.br