Herdeiro da habilidade virtuosística inigualável de Paganini, a quem admirava quando jovem; co-revolucionador da harmonia, da orquestração e das formas românticas, junto com seu genro Richard Wagner; criador do poema sinfônico, eternamente lembrado por isso; grande conquistador, que virou abade ao final da vida. A impetuosidade e toda a complexidade pessoal e artística de Franz Liszt serão enfatizadas por um de seus maiores especialistas europeus nesta noite no XIII Virtuosi por Olivier Moulin. Confira acima um pouco do que o pianista francês comentou para os ouvintes do Virtuosi sobre o repertório de hoje às 20h e saiba mais sobre o compositor húngaro descendente de alemães cujo bicentenário de nascimento será comemorado em 2011.