VIRTUOSI EM HARMONIA COM A INCLUSÃO E CIDADANIA

A 21ª edição do VIRTUOSI – Festival Internacional de Música de Pernambuco que ocorre de 02 a 09 de dezembro será marcada pela harmonia e inclusão. O evento, que tem uma programação caracterizada pela excelência de seu repertório e de sua execução em peças clássicas e contemporâneas, neste ano, planta uma semente pela inclusão social e dedica alguns de seus eventos para discutir o tema.

No segundo dia de evento, o dia 03 de dezembro marca o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. Nesta data, a programação do VIRTUOSI será dedicada para discutir inclusão, pertencimento social e cidadania.

O evento começa neste dia com uma animada roda de diálogos no auditório do Instituto JCPM, ao lado do Shopping RioMar, com o tema “A música como elemento de inclusão social” e reunirá como debatedores: maestros, músicos, educadores, mães de crianças com deficiência e líderes de ONGs de atenção à pessoa com deficiência, além de duas participações bem importantes: a gerência de educação inclusiva da Secretaria de Educação de Pernambuco e o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado para discutir importância de despertar talentos através da música. A mesa redonda acontecerá das 14h às 17h.

Em seguida, a programação continuará no piso L3 no Rio Mar Shopping onde acontecerá um evento em celebração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, com um concerto sensorial em um ambiente preparado para receber crianças com deficiência. Uma área especial foi reservada em frente ao palco para que elas possam sentar, deitar no chão para brincar se quiserem, sendo acomodadas num tatame. A área também foi especialmente estruturada para receber bem as pessoas em cadeiras de rodas com a presença de mediadores treinados para auxiliar pessoas que necessitem de apoio. O evento também oferecerá acessibilidade comunicacional com intérprete de libras à disposição do público surdo e guias para acompanhar pessoas cegas.

No palco, a Orquestra Criança Cidadã será a prova viva de quantos mundos se iluminam através da música. “Como as crianças com deficiência são bastante sensoriais, optamos por fazer um concerto com iluminação e altura de som adequadas. Será uma apresentação mais acústica e sensorial em um grande encontro em família para celebrarmos as diferenças”, explica Ana Lúcia Altino, organizadora do evento.

Aberto ao público, o evento convidou ainda ONGs de atendimento às pessoas com deficiência. Este será um dia com uma vivência musical inclusiva, para marcar os corações e renovar a esperança por mais inclusão e acesso a arte e cultura.
Serviço:

Data: 03 de dezembro
Mesa Redonda “A música como elemento de inclusão social”
Local: Instituto JCPM – Ao lado do Shopping RioMar
Horário: 14h às 17h

Concerto “Músicas e Sentidos para celebrar as diferenças”
Local: Piso L3 – Shopping Rio Mar
Horário: 18h

Programação aberta ao público .
www.virtuosi.com.br

VIRTUOSI REALIZA CONCERTO ESPECIAL NO ALTO JOSÉ DO PINHO

Orquestra Jovem de Pernambuco

Orquestra Jovem de Pernambuco

Um dos grandes destaques na programação do XVIII VIRTUOSI neste ano é o primeiro concerto do evento no Alto José do Pinho no programa “Concerto BNDES – A música clássica sobe o morro” no sábado, 19 de dezembro. A apresentação ocorre em palco armado na Rua Severino Bernardinho Pereira a partir das 19h sendo aberto ao público.

Esta será também a primeira vez que a população do bairro recebe um concerto de música clássica ao vivo. O “Concerto BNDES – A Música Clássica Sobe o Morro” apresenta a Orquestra Jovem de Pernambuco sob a regência do Maestro Rafael Garcia ao lado de vários solistas e artistas nacionais e internacionais. No programa está a execução de obras de Carlos Gomes, Mozart, Joseph Haydn, Liszt, Johannes Strauss e John Philip Souza.

A Orquestra Jovem de Pernambuco foi criada em 1986 e reativada em 2005 durante a realização do projeto “A Fábrica de Música” pelo Maestro Rafael Garcia. No mesmo ano de sua volta, a OJOPE realizou mais de 40 concertos através do SESC-PE, do FUNCULTURA e do Sistema de Incentivo da Prefeitura Municipal de Recife. A orquestra já participou de eventos como o VIRTUOSI BRASIL e o Festival de Inverno de Garanhuns. Já realizou concertos através do programa Petrobras cultural levando a música clássica a diversas cidades da Região Metropolitana do Recife.

Em sua décima oitava edição, o VIRTUOSI sai dos teatros pela primeira vez para ir a uma das comunidades mais conhecidas da Zona Norte do Recife: o Alto José do Pinho. Formada em 1940 por trabalhadores da antiga Fábrica da Macaxeira, o Alto José do Pinho é um centro de cultura popular com maracatus, reisados, blocos carnavalescos, artes cênicas e outras expressões populares.

O VIRTUOSI 2015 conta com patrocínio do BNDES, CHESF, STN, Excelsior Seguros, incentivo da Prefeitura Municipal do Recife e apoio do Consulado Americano, Consulado da França, FUNJOPE, Museu dos Três Pandeiros, CEPE, Livraria Cultura, UFPB, Dragão do Mar e Dorisol Grand Hotel Recife.

XVIII VIRTUOSI
19 | SÁBADO – 19h
ALTO JOSÉ DO PINHO

“A Música Clássica sobe o morro”
GRANDE CONCERTO BNDES

ORQUESTRA JOVEM DE PERNAMBUCO
RAFAEL GARCIA, regente

Aberto ao público
Mais informações: www.virtuosi.com.br

VIRTUOSI REALIZA CONCERTOS NA IGREJA DA ORDEM TERCEIRA DE SÃO FRANCISCO

Priya Mitchell

Priya Mitchell

Na terça (15) e quarta (16), a décima oitava edição do VIRTUOSI traz em sua programação apresentações especiais na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco no bairro de Santo Antônio no Recife a partir das 19h com entrada gratuita.

O XVIII VIRTUOSI segue até o dia 20 de dezembro com concertos espalhados pelo Recife, Olinda, Fortaleza, Campina Grande, João Pessoa, Buenos Aires e Montevidéu. O festival conta com patrocínio do BNDES, CHESF, STN, Excelsior Seguros, incentivo da Prefeitura Municipal do Recife e apoio do Consulado Americano, Consulado da França, FUNJOPE, Museu dos Três Pandeiros, CEPE, Livraria Cultura, UFPB, Dragão do Mar e Dorisol Grand Hotel Recife.

Terça – A programação do VIRTUOSI na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco tem início com um recital do Trio de Cordas Adonhiran Reis (violino), Gabriel Marin (viola) e Alceu Reis (cello) na terça. O programa, que começa às 19h com entrada gratuita, contém a execução de obras de Sergio Di Sabbato, Franz Schubert e Ernst Von Dohnányi.

Os três instrumentistas fazem parte do Quarteto Carlos Gomes, grupo cujo objetivo é a divulgação da Música de nosso tempo, além do amplo repertório composto para este gênero. A temporada 2015 desta apresentação do trio inclui concertos em diversas cidades do país com a colaboração de importantes artistas como Jennifer Stumm, Antonio Meneses e Monica Salmaso. Apesar do seu pouco tempo de existência, o conjunto vêm surpreendendo o cenário musical e conquistando elogiosas críticas de seus pares.

Adonhiran Reis é spalla da Orquestra Sinfônica da UFRJ, professor do Conservatório Brasileiro de Música e ex-spalla da Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. Gabriel Marin é violista da Orquestra Sinfônica da USP e por muitos anos primeira viola da Orquestra Sinfônica Brasileira. Alceu Reis, que como primeiro violoncelo liderou as orquestras do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e a Orquestra Sinfônica Brasileira já foi vencedor do prêmio Grammy Awards.

Quarta – Na quarta (16), o festival promove o encontro da Orquestra Jovem de Pernambuco com a violinista britânica Priya Mitchell. No programa, o público irá conferir o “Concerto para violino e cordas em ré menor” de Mendelssohn e “As Quatro Estações” de Antonio Vivaldi.

Priya Mitchell estudou na Escola Yehudi Menuhin, no Conservatório de Viena e com Zachar Bron na Alemanha. Destaques em sua carreira incluem apresentações com as orquestras Filarmônica Russa, BBC Philharmonic, Philharmonia, Sinfonia Varsova e Sinfônica da BBC. Ela também tem se apresentado em concertos com a Orquestra de Câmara Inglesa, Royal Philharmonic de Liverpool, London Mozart Players, Deutsche Sinfonie Berlin, Nacional da Bélgica e da BBC Scottish Symphony.É também diretora artística do Chamber Music Festival Oxford.

Criada em 1986, a Orquestra Jovem de Pernambuco foi reativada em 2005 durante a realização do projeto “A Fábrica de Música” pelo Maestro Rafael Garcia. No mesmo ano de sua volta, a OJOPE realizou mais de 40 concertos através do SESC-PE, do FUNCULTURA e do Sistema de Incentivo da Prefeitura Municipal de Recife. A orquestra já participou de eventos como o VIRTUOSI BRASIL e o Festival de Inverno de Garanhuns. Já realizou concertos através do programa Petrobras cultural levando a música clássica a diversas cidades da Região Metropolitana do Recife.

Irineu

Palestras – Pelo quarto ano consecutivo, o festival VIRTUOSI promove o VIRTUOSI DIÁLOGOS, um seminário especial em sua programação para o público que aprecia a música de câmara. Durante os dias 15, 16 e 17 de dezembro, o crítico Irineu Franco Perpétuo irá ministrar uma série de palestras com o tema “Aprendendo a ouvir Música Clássica” na Livraria Cultura do Paço Alfândega a partir das 10h. Irineu Perpétuo é um especialista em música clássica, tendo sido colaborador da Folha de S.Paulo e jurado do programa Prelúdio da TV Cultura.

XVIII VIRTUOSI

15 | TERÇA – 19h
ORDEM TERCEIRA DE SÃO FRANCISCO DO RECIFE

TRIO DE CORDAS
MEMBROS DO QUARTETO CARLOS GOMES
ADONHIRAN REIS, violino
GABRIEL MARIN, viola
ALCEU REIS, cello

16 | QUARTA – 19h
ORDEM TERCEIRA DE SÃO FRANCISCO DO RECIFE

PRIYA MITCHELL, violino
ORQUESTRA JOVEM DE PERNAMBUCO

IV VIRTUOSI DIÁLOGOS
15 A 17 DE DEZEMBRO – 10h
LIVRARIA CULTURA – PAÇO ALFÂNDEGA
TALKS COM IRINEU FRANCO PERPÉTUO

Entrada gratuita
Mais informações: www.virtuosi.com.br