Ensemble São Paulo abre programação na Ordem Terceira do XIX Virtuosi

Seção: Programação
Ensemble São Paulo abre programação na Ordem Terceira do XIX Virtuosi

ensemble-sao-paulo-e-luis-afonso

Nesta segunda-feira (12), a partir das 19h, instrumentistas e compositores dao Ensemble São Paulo e Luiz Afonso apresentam na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco o projeto Quinteto para Clarinetes e Cordas, com obras de Brahms, Reale e Escobar. O concerto faz parte de uma série de apresentações do XIX Virtuosi que segue com uma programação totalmente gratuita que leva a música erudita para diversas cidades do Nordeste brasileiro e também para Argentina, Chile e Uruguai, até o próximo dia 19/12.

O Ensemble São Paulo é formado por Betina Stegmann (violino), Marcelo Jaffé (viola), Nelson Rios (violino) e Robert Suetholz (violoncelo), músicos premiados em diversos concursos nacionais e internacionais. É um núcleo de música de câmara que se destaca por ter instrumentistas de intensa atividade no cenário da música mundial, que tem se apresentado com enorme sucesso de público e crítica nas salas de concerto. Outro diferencial do Ensemble São Paulo são seus concertos comentados, que permitem ao público uma maior compreensão e identificação com as obras apresentadas.

O VIRTUOSI 2016 conta com patrocínio do BNDES, CHESF, STN, Excelsior Seguros, incentivo do Funcultura e apoio da Prefeitura do Recife, Consulado Americano, Consulado Geral da França, CEPE, MAMAM, CCK, Sala VERDI, Universidad Católica de Chile, UFPB, UFBA, Teatro de Cultura Popular Chico Daniel, Dragã do Mar e Dorisol Grand Hotel Recife.

ORDEM TERCEIRA DE SÃO FRANCISCO DO RECIFE
12 | SEGUNDA 19h

QUINTETO PARA CLARINETE & CORDAS
ENSEMBLE SÃO PAULO
BETINA STEGMANN, violino
NELSON RIOS, violino
MARCELO JAFFÉ, viola
ROBERT SUETHOLZ, cello
LUIS AFONTSO MONTANHA, clarinete

13 | TERÇA 19h
A VOZ & O VIOLINO

MANUELA FREUA, soprano
BENJAMIN SUNG, violino

14 | QUARTA 19h
ORQUESTRA VIRTUOSI
RAFAEL GARCIA, regente

15 | QUINTA 19h
MÚSICA POR UM TEMPO
RODRIGO FERREIRA, contratenor
RONAN KHALIL, cravo

Leia mais » Nenhum comentário

GRUPOS DE CORDAS E FLAUTAS PARTICIPAM DA 12ª EDIÇÃO DO VIRTUOSI BRASIL

Seção: Programação
GRUPOS DE CORDAS E FLAUTAS PARTICIPAM DA 12ª EDIÇÃO DO VIRTUOSI BRASIL

Quinte-Essentia
O Ministério da Cultura e BNDES apresentam o XII VIRTUOSI BRASIL. O festival que chega a sua décima segunda edição vem investindo na divulgação do trabalho de intérpretes e compositores da música nacional de concerto. Neste ano, o evento acontece entre os dias 13 e 15 de agosto na Ordem Terceira de São Francisco do Recife no bairro de São José.

Os destaques da programação da 12ª edição do VIRTUOSI BRASIL são o Quarteto de Cordas Eli-Eri, Quintal Brasileiro (quinteto de cordas) e o Quinta Essentia (quarteto de flautas doces). Todos os concertos são gratuitos e começam às 19h.

O XII VIRTUOSI BRASIL oferece ao público uma variedade de apresentações com a execução única de obras de compositores brasileiros tais como Eli-Eri Moura, Ney Vasconcelos, Liduino Pitombeira, Guinga, Jacob do Bandolim, Luiz Amato, André Mehmari e Edmundo Villani Cortes, além de peças de compositores estrangeiros como Johann Sebastian Bach, Béla Bartok, Haydn e Dvorak.

Atrações – A abertura do festival acontece no dia 13 de agosto, sob a responsabilidade do Quarteto Eli-Eri, grupo formado por jovens músicos que vem se destacando no cenário musical brasileiro. A sua formação se deu no ano passado, mas mesmo com pouco tempo de vida já desenvolve uma agenda de concertos bastante interessante.

O Quarteto Eli-Eri se apresentou no X Festival de Música de Santa Catarina – FEMUSC; na série Domingos de Câmara que acontece na Universidade Federal da Paraíba; e mais recentemente foi o quarteto residente da IV Semana Internacional da Música de Câmara do Rio de Janeiro tendo aulas com o Arianna String Quartet. Sua formação conta com os violinistas Rodrigo Eloy e Thiago Formiga, o violista Ramon Feitosa e o Violoncelista Leonardo Semensatto.

No dia 14, o destaque é o Quintal Brasileiro, quinteto de cordas criado em 2002 que tem como proposta uma maneira de tocar em que se diluem as fronteiras entre a música instrumental brasileira e a música erudita. O Quintal Brasileiro alia a espontaneidade e o prazer de tocar do músico popular ao rigor técnico e virtuosidade do músico erudito. A natureza do trabalho está implícita no nome “Quintal”, que remete à ideia de um espaço prazeroso para experiências musicais criativas.

Seus integrantes trabalham em orquestras e universidades em posição de destaque e decidiram se dedicar a este trabalho inédito, interpretando um repertório diferenciado e inovador, dentro desse espírito de pesquisa. É formado pelos violinistas Luiz Amato e Esdras Rodrigues, violista Emerson De Biaggio, cellista Adriana Holtz e contrabaixista Ney Vasconcelos.

A programação do Virtuosi Brasil segue no dia 15 com a participação do Quinta Essentia Quarteto. Completando 10 anos de história em 2016, o Quinta Essentia Quarteto é o principal representante da flauta doce no Brasil e um dos mais importantes grupos de música de câmara da atualidade. De uma maneira eclética e muito musical, o Quinta Essentia apresenta a versatilidade da flauta barroca, e da sua família de instrumentos, em diferentes cenários musicais.

Essa formação musical inusitada e independente revela para os mais diferentes públicos que a flauta doce é um instrumento musical encantador. Em sua carreira internacional, o grupo já realizou concertos em eventos importantes como a abertura do Prêmio Francesco Maria Ruspoli de música barroca na Itália, o Festival Internacional de Música Renascentista y Barroca Americana na Bolívia, e o Festival Les Festes Baroques en Terre des Graves et du Sauternais em Bordeaux na França.

Master Classes – O XII VIRTUOSI BRASIL oferece duas Master Classes nos dias 14 e 15 de agosto respectivamente com os grupos Quintal Brasileiro e Quinta Essentia Quarteto. As Master Classes acontecem na Ordem Terceira de São Francisco do Recife às 14h30. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (81) 3363-0138 e pelo site www.virtuosi.com.br. O XII VIRTUOSI BRASIL conta com o patrocínio do BNDES e do Governo Federal através da Lei Rouanet e apoio da CEPE.

PROGRAMA

13|08

19h QUARTETO ELI-ERI

ELI-ERI MOURA [1963]

Transubstancial

JOSEPH HAYDN [1732-1809]

Quarteto No. 1 Op. 33 em Si menor

ANTONIN DVORAK [1841-1904]

Quarteto No. 12 Op. 96 em Fa maior “Americano”

RODRIGO ELOY, violino
THIAGO FORMIGA, violin
RAMON FEITOSA, viola
LEONARDO SEMENSATTO, cello

14|08

19h QUINTAL BRASILEIRO

NEY VASCONCELOS

Baião para Cordas

LIDUÍNO PITOMBEIRA

Paisagens Brasileiras nº 6

Ponteio

GUINGA

Nítido e Obscuro (Arr: Paulo Sérgio Santos e Luiz Amato)

BÉLA BARTÓK

M153 (Arr: Luiz Amato)

JACOB DO BANDOLIM

Assanhado (Arr: Luiz Amato)

ERNESTO NAZARETH

Apanhei-te Cavaquinho (Arr: Luiz Amato)

GAROTO

Desvairada (Arr: Luiz Amato)

JACOB DO BANDOLIM

Noites Cariocas (Arr Newton Carneiro)

LUIZ AMATO

Amolafaca

ANDRÉ MEHMARI

Música Noturna e Aurora

EDMUNDO VILLANI CORTES

Choro Patético

HEITOR VILLA-LOBOS

Embolada (Arr: Luiz Amato)

LUIZ AMATO, violino
ESDRAS RODRIGUES, violino
EMERSON DE BIAGGI, viola
ADRIANA HOLTZ, cello
NEY VASCONCELOS, contrabaixo

15|08

19h QUINTA ESSENTIA QUARTETO

JOHANN SEBASTIAN BACH (1685 – 1750)

A Arte da Fuga – BWV 1080

FELIPE ARAÚJO
GUSTAVO DE FRANCISCO
FERNANDA DE CASTRO
RENATA PEREIRA

DIREÇÃO ARTÍSTICA: RAFAEL GARCIA
COORDENAÇÃO GERAL: ANA LÚCIA ALTINO
PRODUÇÃO: CODA
ASSESSORIA DE IMPRENSA:
ANA GARCIA
CRIAÇÃO GRÁFICA: VANESSA NEUBER

Leia mais » Nenhum comentário

VIRTUOSI NA SERRA LEVA RECITAIS E CONCERTOS COM MÚSICOS ESTRANGEIROS A GARANHUNS

Seção: Programação
VIRTUOSI NA SERRA LEVA RECITAIS E CONCERTOS COM MÚSICOS ESTRANGEIROS A GARANHUNS

Soh-Hyun Park carolinebittencourt (292)

Após passar pelas cidades de Belo Jardim e Gravatá, o VIRTUOSI agora chega a Garanhuns para realizar uma série de concertos e recitais com convidados nacionais e estrangeiros durante o FIG. De 24 a 26 de julho, a Igreja Matriz de Santo Antônio recebe a programação do VIRTUOSI NA SERRA com entrada gratuita.

Uma das características do Virtuosi é a preocupação em mostrar talentos da música de concerto que possuem grande precisão na execução até de obras consideradas difíceis. As atrações convidadas já conquistaram prêmios internacionais em diferentes categorias e instituições, garantindo um prestígio ainda maior ao evento. Com isso, a expectativa é de sessões lotadas, com a presença até de público de outras cidades além das que sediam o festival.

A programação se inicia no domingo (24) às 16h30 com a execução do Requiem de Mozart, com coralistas suiços e nordestinos em um trabalho desenvolvido durante o festival em Gravatá na semana anterior. A apresentação homenageia o percussionista Naná Vasconcelos, que foi uma das atrações do Virtuosi em edições anteriores. Para a ocasião estarão presentes a soprano Gabriella Pace, a mezzo-soprano Adriana Clis, o tenor suíço Niklaus Rüegg, o barítono Robert Koller e o regente coral Matthias Heep acompanhados da Orquestra Jovem de Pernambuco sob o comando do maestro Rafael Garcia.

“O Réquiem é o último trabalho de Wolfgang Amadeus Mozart e tinha sido realizado em toda a Europa logo após a morte do compositor em 1791. Naquela época, foi considerado seu melhor trabalho”, explica o tenor Niklaus Rüegg. “A música é colorida, variada e requer um certo virtuosismo tanto pelos cantores de coral quanto os solistas”, completa.

Niklaus Ruegg

Niklaus Ruegg

Recitais- Na segunda-feira (25), às 16h30, o festival apresenta um recital em duo do violista Rafael Altino com o pianista russo Ilya Ramlav. Serão apresentadas peças de Brahms e Rachmaninoff. Ramlav retorna a Garanhuns após alguns anos, mas para ele a emoção de estar no Virtuosi é grande. “Para mim, toda vez que vou tocar no Virtuosi, o tempo é especial. São momentos que guardo no meu coração por causa das pessoas que eu estou cercado por lá: dos organizadores ao público. As pessoas no Brasil amam a música com todo o seu coração. E é por isso que eu acho que é a melhor audiência para tocar”.

No mesmo dia, às 21h, o pianista retorna à Igreja para executar o programa “Barroco & Romantismo”. “Eu decidi fazer um programa com base em dois movimentos musicais de alguns séculos atrás. A música barroca vem representada pelos compositores Domenico Scarlatti e Antonio Soler. São duas peças que eu acho muito lindas e que eu adoro tocar”. Na segunda parte do recital, com obras do período do Romantismo, Ramlav selecionou obras de Schumann e Rachmaninoff. “Eu não seria um instrumentista russo se não trouxese alguma obra de Rachmaninoff para vocês”, brinca.

No encerramento da programação do VIRTUOSI NA SERRA, o Duo Altino se apresenta pela primeira vez em Garanhuns na terça (26) às 16h30. Será a primeira oportunidade em que o público da cidade poderá conferir ao vivo as peças que o casal Leonardo (cello) e Soh-Hyun Park (violino) selecionou para a ocasião.

Às 21h, os tenores suíços Niklaus Rüegg e Robert Koller apresentarão canções e árias de ópera e opereta acompanhados da pianista búlgara Nadia Belneeva. No repertório estarão obras de Schubert, Mahler, Ravel e Mozart, dentre outros. Nas palavras de Rüegg, “é uma grande honra para nós estar em um evento de renome como o Virtuosi na Serra no Festival de Inverno de Garanhuns sob a direção de Rafael Garcia e sua fabulosa orquestra, além da organização confiável de Ana Lúcia a quem agradecemos o convite”.

PROGRAMAÇÃO
XII VIRTUOSI NA SERRA
GARANHUNS – Igreja de Santo Antônio
24 a 26 de Julho de 2016

DOMINGO – 24.07
16h30 RÉQUIEM DE MOZART

W.A. MOZART [1756-1791]
Requiem em ré menor KV 626
Requiem
Kyrie
Sequentia
Dies Irae
Tuba mirum
Rex tremendae
Recordare
Confutatis
Lacrimosa
Offertorium
Domine Jesu Christe
Hostias
Sanctus
Benedictus
Agnus Dei
Communio
Lux aeterna

ORQUESTRA JOVEM DE PERNAMBUCO
GABRIELLA PACE, soprano
ADRIANA CLIS, mezzo-soprano
NIKLAUS RÜEGG, tenor
ROBERT KOLLER, barítono
CORAL DA SEMANA INTERNACIONAL DE CORAL
MATTHIAS HEEP, regente coral
RAFAEL GARCIA, regente


SEGUNDA – 25.07
16H30 BRAHMS & RACHMANINOFF

JOHANNES BRAHMS [1833-1897]
Sonata nº2 em fá maior Op.99 (cello e piano)
Allegro vivace – Adagio affettuoso
Allegro passionate – Allegro molto

SERGEI RACHMANINOFF [1873-1943]
Sonata em sol menor, Op.19 (cello e piano)
Lento.Allegro moderato
Allegro scherzando – Andante
Allegro mosso

RAFAEL ALTINO, viola
ILYA RAMLAV, piano


SEGUNDA – 25.07
21H BARROCO & ROMANTISMO

DOMENICO SCARLATTI [1685-1757]
Sonata in D minor K213

ANTONIO SOLER [1729-1783]
Sonata in D major R84

ROBERT SCHUMANN [1810-1856]
Grand Sonata in F-sharp minor op.11
Introduzione. Un poco Adagio – Allegro vivace
Aria
Scherzo e Intermezzo. Allegrissimo
Finale. Allegro un poco maestoso

SERGEI RACHMANINOFF [1873-1943]
Moments Musicaux
2. Allegretto em mi bemol menor
3. Andante cantabile em si menor
4. Presto em mi menor

ILYA RAMLAV, piano


TERÇA – 26.07
16H30 DUO ALTINO

ZOLTÁN KODÁLY [1882-1967]
Duo for Violin and Cello, Op. 7
Allegro serioso, non troppo
Adagio
Maestoso e largamente, ma non troppo lento – Presto
 
PAUL DESENNE [b. 1959]
“En Voyage” – Trois Mouvement pour Violon et Violoncelle (2012)
Delta Seis
Tañido (sobre una canción larense)
Pilón Collider
  
MAURICE RAVEL [1875-1937]
Sonate pour Violon et Violoncelle
Allegro -Trés vif
Lent – Vif, avec entrain

SOH-HYUN PARK ALTINO, violino
LEONARDO ALTINO, cello


TERÇA – 26.07
21H RECITAL DE CANTO

FRANZ SCHUBERT [1797-1828]
Der Lindenbaum
Mein!
Ständchen (Leise flehn…)

GUSTAV MAHLER [1860-1911]
Um schlimme Kinder artig zu machen
Nicht wiedersehen

ROBERT SCHUMANN [1810-1856]
Im wunderschönen Monat Mai
Wenn ich in deine Augen seh’
Ich grolle nicht

MAURICE RAVEL [1875-1937]
Chanson Épique
Chanson Romanesque

GAETANO DONIZETTI [1797-1848]
Una furtiva lagrima (L’elisir d’amore)

WOLFGANG AMADEUS MOZART [1756-1791]
Non più andrai, farfallone amoroso (Le nozze di Figaro)
Bildnisarie (Flauta Mágica)
Madamina, il catalogo è questo (Don Giovanni)
Vivat Bacchus (O Serralho)

NIKLAUS RÜEGG, tenor
ROBERT KOLLER, barítono
NADIA BELNEEVA, piano

Aberto ao público
Mais informações:
www.virtuosi.com.br

Leia mais » Um comentário

ENCERRAMENTO DO VIRTUOSI DE GRAVATÁ TRAZ CORAL COM QUARENTA VOZES

Seção: Programação
ENCERRAMENTO DO VIRTUOSI DE GRAVATÁ TRAZ CORAL COM QUARENTA VOZES

VIRTUOSI-7222

Neste ano, o VIII Virtuosi de Gravatá recebeu a Semana Internacional de Coral em convênio com instituições musicais suíças trazendo assim cerca de 20 coralistas do exterior, além de tenores, barítonos e regentes. Ao longo da semana, o coral se uniu em uma só voz sob a regência do suíço Matthias Heep, que ficou responsável por orientar os alunos e profissionais para a execução de um programa especial que será apresentado na Igreja Matriz de Sant’Ana neste domingo (24) pela manhã.

Apesar da turma de inscritos nas Masterclasses do Virtuosi ser bastante heterogênea, Mathias ficou animado com a pluralidade de participantes do coral. “Desde o primeiro momento que cheguei, vi que os cantores brasileiros e os europeus se deram bem com um excelente relacionamento. Além disso, dois dos participantes suíços falam muito bem o Português, tornando tudo mais fácil”, explica.

O regente do coral viu que a barreira do idioma não é difícil de transpor se tem a música como unidade em comum. “Se você comunica claramente suas idéias de interpretação, os cantores seguem a sua linha e seu jeito pré-formatado de cantar. Paciência é sempre necessária além do conhecimento sobre diferentes tons com o mesmo objetivo”, responde. Para ele, o objetivo está perto de ser alcançado no domingo com a primeira apresentação pública deste grande coral: “Após os ensaios do primeiro dia eu fiquei realmente aliviado e otimista: o nosso trabalho será frutífero e vai gerar bons resultados”.

Pelo oitavo ano consecutivo, a charmosa cidade de Gravatá recebeu uma fina programação musical com instrumentistas de alta qualidade. Uma das características do Virtuosi é a preocupação em mostrar talentos da música de concerto que possuem grande precisão na execução até de obras consideradas difíceis. O VIII Virtuosi de Gravatá tem apoio do Hotel Villa Hípica, Cepe, Regionale Musikschule, Kanton Basel-Stadt e Avina Stiftung.

Programação – Antes do grande recital de canto no encerramento, o Virtuosi de Gravatá preparou um concerto especial com o Duo Altino nesta sexta (22) às 20h na Igreja Matriz de Sant’Ana. O casal Leonardo (cello) e Soh-Hyun Altino (violino) vai apresentar um programa com obras de Kodály, Desenne e Ravel.

Às 11h do sábado (23), o violonista eslovaco Adam Marec realiza seu recital com músicas de Edgberto Gismonti, Petr Eben e Paulo Bellinati, entre outros. Marec estudou no Conservatório de Žilina e na Universidade de Artes de Banská Bystrica. Apresenta-se regularmente como solista e toca com orquestra e vários conjuntos de câmara. É tutor no Conservatório e na Academia de Artes de Banská Bystrica e Ján Albrecht’s Academy, em Banská Stiavnica.

É no sábado (23) à noite, a partir das 20h que haverá a apresentação do Réquiem de Mozart reunindo coralistas, instrumentistas e professores que participaram do Virtuosi ao longo da semana. “O Réquiem é um desses grandes mistérios da música universal quando Mozart queria abrir uma nova porta para se tornar um Mestre da música de St. Stephen, em Viena”, conta Matthias, que terá a missão de reger o coral de 40 vozes nesta ocasião. A obra, no entanto, só foi concluída após a morte do compositor deixando para a humanidade este grande legado.

Apesar de ser uma obra de despedida e de dor que reflete o que Mozart sentia na ocasião, Matthias entende que “a música tem o poder de consolar e dar coragem para outras pessoas. Não poderia haver maior testamento de um artista do que este Réquiem”. Foi por tudo isso que esta foi a primeira partitura que o regente adquiriu assim que começou a estudar música.

Na opinião do regente, é ótima a oportunidade que um festival como o Virtuosi proporciona ao promover uma integração entre músicos de diversas partes do mundo. “A atmosfera do Virtuosi nos dá uma idéia sobre os outros e, talvez, melhores formas de cantar ou tocar. É sempre importante aprender sobre outros países e ver o nosso mundo com os olhos de outra nação”, conclui.

VIII FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
16 A 24 DE JULHO DE 2016
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA


SEXTA 22|07

20h DUO ALTINO

ZOLTÁN KODÁLY [1882-1967]

Duo for Violin and Cello, Op. 7

Allegro serioso, non troppo

Adagio

Maestoso e largamente, ma non troppo lento – Presto

PAUL DESENNE [b. 1959]

“En Voyage” – Trois Mouvement pour Violon et Violoncelle (2012)

Delta Seis

Tañido (sobre una canción larense)

Pilón Collider

MAURICE RAVEL [1875-1937]

Sonate pour Violon et Violoncelle

Allegro -Trés vif

Lent – Vif, avec entrain

SOH-HYUN PARK ALTINO, violino

LEONARDO ALTINO, cello

SÁBADO 23|07

11h ADAM MAREC, violão

JIŘÍ JIRMAL [1925]

Baden Jazz Suite

Simplicitas – Berceuse

Rondo a la Samba

FERNANDO SOR [1778-1839]

Etude concertante Op. 6, No. 11

PETR EBEN [1929-2007]

Mare Nigrum

Danza –Canto -Toccata

AGUSTÍN BARRIOS MANGORÉ [1885-1944]

Cancíon de la Hilandera

KASPAR JOSEPH MERTZ [1806-1856]

Bardenklänge Op. 13

(choice of works)

EGBERTO GISMONTI [1947]

Água e Vinho

PAULO BELLINATI [1950]

Jongo

CARLO DOMENICONI [1947]

Koyunbaba suite, Op 19

20h REQUIEM DE MOZART

W.A. MOZART [1756-1791]

Requiem em ré menor KV 626

Requiem

Kyrie

Sequentia

Dies Irae

Tuba mirum

Rex tremendae

Confutatis

Lacrimosa

Offertorium

Domine Jesu Christe

Sanctus

Benedictus

Agnus Dei

Communio

Lux aeterna

ORQUESTRA JOVEM DE PERNAMBUCO

GABRIELLA PACE, soprano

ADRIANA CLIS, mezzo-soprano

NIKLAUS RÜEGG, tenor

ROBERT KOLLER, barítono

CORAL DA SEMANA INTERNACIONAL DE CORAL

MATTHIAS HEEP, regente coral

RAFAEL GARCIA, regente

DOMINGO 24|07

11h RECITAL

Resultado do trabalho desenvolvido durante o festival

CORAL:

Sopranos: Ana Cláudia Lins, Angela Wiedmer, Elizete de Lira, Flavia Hodel, Giovanna Simões, Hannah Beutler, Mérlia Faustino, Milena Witzemann, Mylene Lafranchi, Olivia Alleman, Pascale Welsch, Regina Vogel, Raphaela Vogel, Sônia Santos, Suênya Mota, Thayze Tavares
Altos: Amanda Santos, Anja Michel, Harynne Liebig, Isabel Amsler, Johanna Vogel, Katarzyna Krasnopolska, Maria Rejane Silva, Nizely Costa, Noemie Bollinger, Sofia Heuri
Tenores: Adriano Sampaio, Daniel dos Santos, Donatelly Santos, Estevão de Moraes, Guilherme Gaião, Ivan de Lima Jr, Jeter Mauricio, José Adriano Junior, Marcos Célio, Marcos Gonzalez
Baixos: Alysson Cavalcanti, Andreas Lüchinger, Benjamin Widmer, Caio de Sá, Douglas Cavalcante, Elvis Guimarães, Jonathan Brugger, Lenard Fasnacht, Lukas Hayoz

ORQUESTRA:
Violinos: Valter Soares, Felipe dos Santos Vital, Misael Dinis, Yuri Tavares, Thialysson Moura, Jesse de Oliveira Neto, Samuel Oliveira, Silverson Henrique, Calini Brito, André Luiz Serapião, Cleydson de Lima, Jade Martins
Violas: Ryellen de Souza Joaquim, Reuel Gomes, Raul Victor, Letícia de Lima, Daniel Espinoza, Laercio Souza, Baruck Borean, Igor Borges, Moises Bomfim Honto, Paloma Izidio, Jontas Santos, Daniel Mendes, Camila Rodrigues, Raquel Paz
Cellos: Nilson Galvão, Daniel Tamietti, Daiane de Andrade, Diego Dias, Fernando Trigueiro, Davidson Costa, Italo Rafael, Leonardo Semensato, Valquiria Soares, Amanda Lopes
Baixos: Italo Ferreira, Fagner Zumba, Carlos Rosendo
Clarinetes: Isaías Rafael
Fagotes: Péricles Johnson, Josias Felipe
Trompetes: Josias Adolfo, Erico Verissimo
Trombones: Mizael França
Timpano: Antonio Barreto

Mais informações: www.virtuosi.com.br

Leia mais » Nenhum comentário

INSTRUMENTISTAS DO VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ HOMENAGEIAM PAGANINI E CESAR FRANCK

Seção: Programação
INSTRUMENTISTAS DO VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ HOMENAGEIAM PAGANINI E CESAR FRANCK

Marec

Na noite desta quinta-feira (21), o VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ apresenta um recital em homenagem ao compositor italiano Paganini e ao belga Cesar Franck. Para a ocasião, o festival chamou Soh-Hyun Park Altino (violino), Alexandre Casado (violino), Rafael Altino (viola), Leonardo Altino (cello), Adam Marec (violão) e Ilya Ramlav (piano) em uma formação de Quinteto para Piano e Cordas. A apresentação acontece às 20h na Igreja Matriz de Sant’Ana com entrada gratuita.

Este é o oitavo ano consecutivo em que a charmosa cidade de Gravatá recebe uma fina programação musical com instrumentistas de alta qualidade através do festival Virtuosi. Com direção musical do maestro Rafael Garcia, o Virtuosi de Gravatá acontece até o dia 24 de julho e depois segue para Garanhuns, onde acontece o Virtuosi na Serra, dentro da programação do Festival de Inverno de Garanhuns.

Ilya Ramlav, pianista russo que acompanhará o quinteto de cordas nesta apresentação, conta sobre a experiência que tem ao estar em Gravatá para estes dias de programação do Virtuosi. “Para mim, pessoalmente, toda vez que vou tocar no Virtuosi, o tempo é especial. São momentos que guardo no meu coração por causa das pessoas que eu estou cercado por lá. As pessoas no Brasil amam a música com todo o seu coração. E é por isso que eu acho que é a melhor audiência para tocar”, revela.


VIII FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
16 A 24 DE JULHO DE 2016

IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA

QUINTA 21|07
20h PAGANINI & CESAR FRANCK

NICCOLÒ PAGANINI [1782=1840]
Quarteto nº 15 para viola, violin, cello & guitarra
Maestoso – Menuetto a canone.Andantino
Recitativo. Andante sostenuto con sentiment
Adagio cantabile – Rondo.Allegretto

CESAR FRANCK [1822-1890]
Quinteto para piano e cordas em fa menor
Molto moderato quasi lento – Allegro
Lento con mnolto sentiment
Allegro non troppo ma con fuoco

SOH-HYUN PARK ALTINO, violino
ALEXANDRE CASADO, violino
RAFAEL ALTINO, viola
LEONARDO ALTINO, cello
ADAM MAREC, guitarra
ILYA RAMLAV, piano

Mais informações: www.virtuosi.com.br

Leia mais » Nenhum comentário

VIRTUOSI PROMOVE RECITAL DE CANTO COM VOZES FEMININAS

Seção: Programação
VIRTUOSI PROMOVE RECITAL DE CANTO COM VOZES FEMININAS

Gabriella Pace 1

Um dos destaques do VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ é a Semana Internacional de Coral em convênio com instituições musicais suíças trazendo coralistas do país, além de sopranos, tenores, barítonos e regentes. Nesta quarta-feira (20), as cantoras soprano brasileiras Gabriella Pace e Adriana Clis se apresentam na programação do festival acompanhadas da pianista búlgara Nadia Belneeva.

O recital de canto acontece na Igreja Matriz de Sant’Ana a partir das 20h apresentando obras de Schumann, Mahler, Schubert e Edmundo Villani-Côrtes. Com direção musical do maestro Rafael Garcia, o VIII Virtuosi de Gravatá segue até o dia 24 de julho com entrada gratuita.

Uma das características do Virtuosi é a preocupação em mostrar talentos da música de concerto que possuem grande precisão na execução até de obras consideradas difíceis. As atrações convidadas já conquistaram prêmios internacionais em diferentes categorias e instituições, garantindo um prestígio ainda maior ao evento. Com isso, a expectativa é de sessões lotadas, com a presença até de público de outras cidades além das que sediam o festival.

Nadia Belneeva nasceu em Sofia na Bulgária, estudando piano na Academia Nacional de Música. Em 1993, ela ganhou uma bolsa, permitindo-lhe continuar a estudar na Hochschule für Musik e Teatro em Hamburgo. De 2003 a 2007, trabalhou na Ópera de Hamburgo e atualmente é integrante de vários grupos de música de câmara e já participou de festivais e concertos internacionais como o Lucerne Festival, Schleswig-Holstein Musik Festival e Tokyo Music Festival.

A soprano Gabriella Pace iniciou seus estudos musicais com o pai, o tenor e violista Héctor Pace. Como bolsista da Vitae, estudou com Leilah Farah e Pier Miranda Ferraro, na Itália. Participou da primeira montagem brasileira do Anel do Nibelungo de Wagner. Gravou o Requiem Hebraico e a Nona Sinfonia de Beethoven com a OSESP. Em 2008 apresentou-se em Bogotá e recebeu o Prémio Carlos Gomes 2010 como Melhor Cantora Solista.

Já aos 10 anos, Adriana Clis participava como solista da ópera Artemis, de Nepomuceno, apresentada, sob a regência do maestro Isaac Karabtchevsky. A convite do maestro Samuel Kerr, participou do Coral Paulistano do Theatro Municipal de São Paulo e em julho de 1998, participou de curso no Conservatório Tchaikovsky, em Moscou, com Klara Kadinskaia, preparadora vocal de ópera do Teatro Bolshoy. Adriana Clis venceu o Concurso Jovens Solistas Eleazar de Carvalho em 2002 e o Concurso Internacional de Canto Bidu Sayão.


VIII FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
16 A 24 DE JULHO DE 2016
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA

QUARTA 20|07
20h RECITAL DE CANTO II

ROBERT SCHUMANN [1810-1856]
Wenn ich ein Vögelein wär (poeta desconhecido)
Bedeckt mich mit Blumen (Emanuel Geibel)
Schön Blümelein (Robert Reinick)
Liebesgram (traduzido do espanhol por Emanuel Geibel)

GUSTAV MAHLER [1860-1911]
Ich bin der Welt abhanden gekommen (Rückert)
Das irdische Leben (Des Knaben Wunderhorn)

FRANZ SCHUBERT [1797-1828]
Ganymed (Goethe)
Gretchen am Spinnrade (Goethe)

ERNEST CHAUSSON [1855-1899]
La Nuit (Th. De Banville)
Réveil (H. de Balzac)

FRANCIS POULENC [1899-1963]
C (Louis aragon)
Les Chemins de l’amour (Jean Anouilh)
C’est ainsi que tu es (Louise de Vilmorin)
Voyage à Paris (Apollinaire)

EDMUNDO VILLANI-CÔRTES [1930]
Canção de Carolina (Júlio Bellodi)
Casulo (Júlio Bellodi)

WALDEMAR HENRIQUE [1905-1995]
Uirapuru (Canção Amazônica)
Maracatu: Hei de Seguir teus passos (Canção Amazônica)

GABRIELLA PACE, soprano
ADRIANA CLIS, mezzo-soprano
NADIA BELNEEVA, piano

Mais informações: www.virtuosi.com.br

Leia mais » Um comentário

RAFAEL ALTINO E ILYA RAMLAV REALIZAM RECITAM EM HOMENAGEM A BRAHMS E RACHMANINOFF EM GRAVATÁ

Seção: Programação
RAFAEL ALTINO E ILYA RAMLAV REALIZAM RECITAM EM HOMENAGEM A BRAHMS E RACHMANINOFF EM GRAVATÁ

Rafael Altino 2

Em continuação à programação de recitais e concertos que teve início no sábado (16), o VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ prossegue nesta terça-feira (19) com uma apresentação especial do violista brasileiro Rafael Altino e do pianista russo Ilya Ramlav. O dueto realiza um repertório com obras de Brahms e Rachmaninoff às 20h na Igreja Matriz de Sant’Ana.

Com direção musical do maestro Rafael Garcia, o VIII Virtuosi de Gravatá acontece até o dia 24 de julho com entrada gratuita. O VIII Virtuosi de Gravatá tem apoio da Empetur, Secretaria de Turismo, Governo do Estado de Pernambuco, Prefeitura de Gravatá, Hotel Villa Hípica, Cepe, Regionale Musikschule, Kanton Basel-Stadt, Avina Stiftung.

Músicos – Ilya Ramlav estudou no Conservatório Tchaikovsky de Moscou. Foi vencedor de várias competições internacionais, como Isidor Bajic (Serbia), Saratov, “Flame” e Jean Françaix (Paris) e tem se apresentado como solista das orquestras de St. Petersburgo, Saratov, Volgograd e Yaroslavl. Em 2011 foi agraciado com o prêmio Richter, concedido pela Fundação Rostropovich.

Violista principal da Sinfônica de Odense na Dinamarca, Rafael Altino começou seus estudos musicais com seu pai Rafael Garcia aos nove anos. Aos 17, mudou-se para os Estados Unidos onde recebeu os diplomas de Bacharel pelo NEC, Boston e Mestre pela Juilliard School. No ano passado lançou seu primeiro disco solo “Viola a Rafael”, resultado de um projeto que tem como objetivo projetar a cena contemporânea nordestina, escrita especialmente para este registro sonoro.

VIII FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
16 A 24 DE JULHO DE 2016
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA

TERÇA 19|07
20h BRAHMS & RACHMANINOFF

RAFAEL ALTINO, viola
ILYA RAMLAV, piano

JOHANNES BRAHMS [1833-1897]
Sonata nº2 em fá maior Op.99 (cello e piano)
Allegro vivace – Adagio affettuoso
Allegro passionate – Allegro molto

SERGEI RACHMANINOFF [1873-1943]
Sonata em sol menor, Op.19 (cello e piano)
Lento.Allegro moderato
Allegro scherzando – Andante
Allegro mosso

Mais informações: www.virtuosi.com.br

Leia mais » Nenhum comentário

ILYA RAMLAV APRESENTA RECITAL BARROCO NO VIRTUOSI DE GRAVATÁ

Seção: Programação
ILYA RAMLAV APRESENTA RECITAL BARROCO NO VIRTUOSI DE GRAVATÁ

Ilya Ramlav

Nesta segunda-feira (18/07), o pianista russo Ilya Ramlav se apresenta em meio à programação do VIII VIRTUOSI DE GRAVATÁ na Igreja Matriz de Sant’Ana com um recital gratuito. Com direção musical do maestro Rafael Garcia, o Virtuosi vai até o dia 24 de julho com uma série de concertos e recitais com instrumentistas de grande técnica musical.

No recital que ocorre a partir das 20h, Ramlav irá apresentar o programa Barroco & Romantismo com obras de Domenico Scarlatti, Antonio Soler, Schumann e Rachmaninoff. Ilya Ramlav estudou no Conservatório Tchaikovsky de Moscou. Foi vencedor de várias competições internacionais, como Isidor Bajic (Serbia), Saratov, “Flame” e Jean Françaix (Paris) e tem se apresentado como solista das orquestras de St. Petersburgo, Saratov, Volgograd e Yaroslavl. Em 2011 foi agraciado com o prêmio Richter, concedido pela Fundação Rostropovich.

Uma das características do Virtuosi é a preocupação em mostrar talentos da música de concerto que possuem grande precisão na execução até de obras consideradas difíceis. O VIII Virtuosi de Gravatá tem apoio do Hotel Villa Hípica, Cepe, Regionale Musikschule, Kanton Basel-Stadt e Avina Stiftung.


VIII FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
16 A 24 DE JULHO DE 2016
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA

SEGUNDA 18|07
20h BARROCO & ROMANTISMO
ILYA RAMLAV, piano

DOMENICO SCARLATTI [1685-1757]
Sonata in D minor K213

ANTONIO SOLER [1729-1783]
Sonata in D major R84

ROBERT SCHUMANN [1810-1856]
Grand Sonata in F-sharp minor op.11
Introduzione. Un poco Adagio – Allegro vivace
Aria
Scherzo e Intermezzo. Allegrissimo
Finale. Allegro un poco maestoso

SERGEI RACHMANINOFF [1873-1943]
Moments Musicaux
2. Allegretto em mi bemol menor
3. Andante cantabile em si menor
4. Presto em mi menor

Mais informações: www.virtuosi.com.br

Leia mais » Nenhum comentário

VIRTUOSI DIVULGA PROGRAMAÇÃO DE ETAPAS EM BELO JARDIM, GRAVATÁ E GARANHUNS EM JULHO

Seção: Notícias, Programação
VIRTUOSI DIVULGA PROGRAMAÇÃO DE ETAPAS EM BELO JARDIM, GRAVATÁ E GARANHUNS EM JULHO

Virtuosi_FLORAPIMENTEL_259

De 07 a 26 de julho, o VIRTUOSI percorre o interior de Pernambuco com uma série de concertos e recitais gratuitos em eventos já consagrados e aguardados ansiosamente pelo público do Agreste do estado. Belo Jardim, Gravatá e Garanhuns receberão mais uma vez a programação do Virtuosi com a chegada de instrumentistas nacionais e internacionais em apresentações inéditas, além da oferta de masterclasses para estudantes de música da região.

Uma das características do Virtuosi é a preocupação em mostrar talentos da música de concerto que possuem grande precisão na execução até de obras consideradas difíceis. As atrações convidadas já conquistaram prêmios internacionais em diferentes categorias e instituições, garantindo um prestígio ainda maior ao evento. Com isso, a expectativa é de sessões lotadas, com a presença até de público de outras cidades além das que sediam o festival.

UniRio Metais
UniRio Metais

Belo Jardim – Apresentado pelo Ministério da Cultura e Instituto Conceição Moura, a “cidade de músicos” recebe pela segunda vez uma fina programação musical com instrumentistas de alta qualidade. Com direção musical do maestro Rafael Garcia, o II Virtuosi de Belo Jardim acontece entre os dias 07 e 10 de julho na Igreja Matriz com entrada gratuita. A segunda edição do festival concentra-se principalmente na realização de master classes para instrumentistas de sopros. Mais de 50 jovens trompetistas, trombonistas, tubistas, flautistas, clarinetistas e saxofonistas se inscreveram para estas atividades.

Seis concertos estão programados para essa segunda edição do festival, que tem início no dia 07 às 20h na Igreja Matriz com a Orquestra Jovem de Pernambuco sob a regência do Maestro Rafael Garcia, apresentando um programa com obras de Vivaldi, Albinoni, Glazunov, Baermann e Maestro Duda. Na sexta (08), às 17h acontece a apresentação da Banda de Música do IFPE e às 20h o evento destaca um programa de música de câmara com a participação do Trio de Palhetas da OSB. No sábado (09), às 20h é a vez do grupo UniRio Metais, formado por professores da UNIRIO e UFRJ. No encerramento no domingo (10), às 11h, a banda formada por instrumentistas durante o festival executa um concerto inédito sob a direção do Maestro Rafael Garcia e às 17h a Big Band do IFPE fecha as atividades do festival.

O II Virtuosi de Belo Jardim tem o patrocínio do Ministério da Cultura através da lei federal de incentivo fiscal e do Instituto Conceição Moura com apoio do Grupo Moura, Prefeitura de Belo Jardim, Instituto Federal de Pernambuco Campus Belo Jardim e CEPE.

Niklaus Rüegg
Niklaus Ruegg

Gravatá – Pelo oitavo ano consecutivo, a charmosa cidade de Gravatá recebe uma fina programação musical com instrumentistas de alta qualidade. Com direção musical do maestro Rafael Garcia, o VIII Virtuosi de Gravatá acontece entre os dias 16 e 24 de julho na Igreja Matriz de Sant’Ana com entrada gratuita.

Neste ano, o Virtuosi em Gravatá recebe ainda a Semana Internacional de Coral em convênio com instituições musicais suíças trazendo assim cerca de 20 coralistas do país, além de tenores, barítonos e regentes. Além disso, coralistas nordestinos se unem ao programa para formarem um coral com mais de 40 vozes, encerrando o festival com a apresentação do Requiem de Mozart.

A programação tem início no sábado (16) às 19h na Igreja Matriz de Sant’Ana com a Orquestra Jovem de Pernambuco sob a direção do Maestro Rafael Garcia tendo como solistas a violinista Soh-Hyun Park, o violista Rafael Altino e o violoncelista Leonardo Altino. No domingo (17) às 11h, o Virtuosi reservou um recital de canto com a participação de Niklaus Rüegg, Robert Koller e Nadia Belneeva.

Ilya Ramlav
Ilya Ramlav

O festival recebe na segunda (18) o recital Barroco & Romantismo com o pianista Ilya Ramlav. Na terça (19), é a vez do recital Brahms & Rachmaninoff com a participação do violista Rafael Altino e do pianista Ilya Ramlav. As cantoras soprano brasileiras Gabriella Pace e Adriana Clis se apresentam no dia 20 de julho tendo ao piano Nadia Belneeva. O festival segue trazendo no dia 21 o programa Paganini & Cesar Franck apresentando o Quarteto para viola, violino, cello e violao e o Quinteto para piano e cordas.

Na sexta feira (22), é a vez do Duo Altino apresentar um programa com obras de Kodály, Desenne e Ravel. Às 11h do sábado (23), o violonista Adam Marec realiza seu recital. No mesmo dia à noite, às 19h haverá a apresentação do Requiem de Mozart reunindo coralistas, instrumentistas e professores. O Virtuosi Gravatá se encerra no domingo (24) às 11h com um recital dos jovens cantores e instrumentistas, apresentando o trabalho realizado durante a semana.

O VIII Virtuosi de Gravatá tem apoio da Empetur, Secretaria de Turismo, Governo do Estado de Pernambuco, Prefeitura de Gravatá, Hotel Villa Hípica, Cepe, Regionale Musikschule, Kanton Basel-Stadt, Avina Stiftung.

Duo Altino (Leonardo e Soh-Hyun)
Duo Altino (Leonardo e Soh-Hyun)

Garanhuns – Dentro da programação do Festival de Inverno de Garanhuns, o Virtuosi também marca presença com o Virtuosi na Serra de 24 a 26 de julho com apresentações na Igreja de Santo Antônio. A programação se inicia no domingo (24) às 16h30 com a execução do Requiem de Mozart, com coralistas suiços e nordestinos em um trabalho desenvolvido durante o festival em Gravatá na semana anterior.

Na segunda-feira (25), às 16h30, o festival apresenta o recital do violista Rafael Altino, e às 21h o recital com o pianista Ilya Ramlav executando o programa “Barroco & Romantismo”. No dia 26, às 16h30, o DUO ALTINO se apresenta pela primeira vez em Garanhuns e às 21h, os tenores suíços Niklaus Rüegg e Robert Koller apresentarão canções e árias de ópera e opereta encerrando assim a programação do Virtuosi em Garanhuns.


PROGRAMAÇÃO VIRTUOSI – JULHO / 2016

II Virtuosi de Belo Jardim – 07 a 10 de Julho – Igreja Matriz de Belo Jardim
VIII Virtuosi de Gravatá – 16 a 24 de Julho – Igreja Matriz de Sant’Ana
Virtuosi na Serra – Garanhuns – 24 a 26 de Julho – Igreja de Santo Antônio
Aberto ao público
Mais informações: www.virtuosi.com.br

Leia mais » Nenhum comentário

VIRTUOSI ABRE SÉRIE VICENTE FITTIPALDI NO TEATRO DE SANTA ISABEL

Seção: Notícias, Programação
VIRTUOSI ABRE SÉRIE VICENTE FITTIPALDI NO TEATRO DE SANTA ISABEL
Quatuor Caliente

Quatuor Caliente

A partir desta quinta (17) até o domingo (20), o VIRTUOSI passa a realizar os concertos de sua décima oitava edição no Teatro de Santa Isabel, no Recife, com entrada gratuita ao público. A Série Vicente Fittipaldi abriga as principais apresentações do festival sempre às 20h, da quinta ao sábado, e em uma sessão dupla no domingo às 18h e 19h.

Quem abre a programação no teatro é o grupo norte-americano The Harlem Quartet, originalmente formado pelos vencedores do Sphinx Competition para instrumentistas de cordas negros e latinos. O quarteto, que se apresenta nesta quinta (17), venceu o Grammy em 2013 com o CD “Mozart goes dancing” e vem ao Recife pela primeira vez. Elogiado por “trazer uma nova atitude para a música clássica”, desde a sua estreia pública em 2006 no Carnegie Hall, o conjunto já se apresentou em vários países e ainda fez uma performance para o presidente Barack Obama na Casa Branca.

Na sexta-feira (18) às 20h, a Orquestra Virtuosi se apresentará sob a regência do Maestro Rafael Garcia tendo como solistas o violinista Benjamin Sung, o violista Rafael Altino, o violoncelista Leonardo Altino, e Catalin Rotaru. Será apresentada na ocasião pela primeira vez no Brasil a obra “Armoriatika” para viola, cello e cordas. A obra foi encomendada pelo festival Virtuosi e é de autoria do compositor paraibano Eli-Eri Moura em homenagem aos 45 anos da música armorial. O título faz referência ao Movimento Armorial, que nos anos de 1970 levou para as salas de concerto os instrumentos típicos e a música tradicional dos estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Além deste concerto, a orquestra vai executar obras de Astor Piazzola, Joseph Haydn e Frank Proto.

O grupo francês Quatuor Caliente celebra seus 15 anos de atividade no sábado (19) com o programa “Conexão Buenos Aires”. A história do grupo começou no ano 2000 quando quatro jovens músicos apaixonados pelo Novo Tango se reuniram. Rapidamente, o grupo começou a se apresentar na França e no exterior. Vencedor do Piazzolla Music Award em Milão, o grupo já tem três CDs, gravados para o selo Aeon / Harmonia Mundi. O programa “Conexão Buenos Aires” inclui obras de Piazzolla, Gismonti, Villa-Lobos , Saluzzi, Plaza e Scarpino. O Quatuor Caliente vem ao Recife com o apoio do Consulado Geral da França.

O festival se despede do Recife no domingo (20) às 18h com o recital da pianista armênia Marianna Shirinyan. Como “Steinway Artist” e vencedora de cinco prêmios no ARD International Music Competition em Munique, Marianna desenvolve uma grande carreira internacional. É artista convidada de muitos festivais, entre eles Schleswig-Holstein, Schwetzinger Festspiele e MDR Summer Music Festival, entre outros. É considerada uma das pianistas mais importantes de seu tempo e é solista das orquestras de Oslo, Helsinki, Copenhagen, Tapiola, Göteborg e Norrköping. Desde 2014 Marianna é professora do Norwegian Music Academy em Oslo.

Logo em seguida, às 19h, o VIRTUOSI se despede com o recital da violinista inglesa Priya Mitchell ao lado da pianista Marianna Shirinyan. A violinista Priya Mitchell estudou com Zachar Bron na Alemanha. Foi solista de várias orquestras tais como Filarmônica Russa, BBC Philharmonic, Sinfonia Varsova, Symphony Hall Birmingham, Orquestra Sinfônica da BBC. É diretora do Oxford Chamber Music Festival, Inglaterra. Priya Mitchell toca um violino Ballestieri da década de 1760, generosamente emprestado a ela por uma família europeia.

O XVIII VIRTUOSI conta com patrocínio do BNDES, CHESF, STN, Excelsior Seguros, incentivo da Prefeitura Municipal do Recife e apoio do Consulado Americano, Consulado da França, FUNJOPE, Museu dos Três Pandeiros, CEPE, Livraria Cultura, UFPB, Dragão do Mar e Dorisol Grand Hotel Recife.

XVIII VIRTUOSI

TEATRO DE SANTA ISABEL
17 | QUINTA 20h
THE HARLEM QUARTET

18 | SEXTA 20h
ORQUESTRA VIRTUOSI
RAFAEL GARCIA, regente
Solistas: BENJAMIN SUNG, violino; LEONARDO ALTINO, cello e VICTOR ASUNCION, piano

19 | SÁBADO 20h
QUATUOR CALIENTE – “CONEXÃO BUENOS AIRES”

20 | DOMINGO 18h
MARIANNA SCHRINYAN, piano

20 | DOMINGO 19h
PRIYA MITCHELL, violino
MARIANNA SHIRINYAN, piano

Entrada gratuita
Mais informações: www.virtuosi.com.br

Leia mais » Nenhum comentário