GRAVATÁ RECEBE FESTIVAL VIRTUOSI PELO QUARTO ANO

O MINISTÉRIO DA CULTURA E A PREFEITURA DE GRAVATÁ apresentam o VIRTUOSI GRAVATÁ que sobe a serra pela quarta vez para levar grandes nomes da música para a Igreja Matriz de Sant’Ana, no centro da cidade. Apresentado pela Prefeitura de Gravatá e com patrocínio do BNDES, o festival acontece de 13 a 22 de julho, com programação gratuita. Este ano o festival faz especial homenagem aos 100 anos de Luiz Gonzaga.

Entre os destaques da programação do festival realizado pelo maestro Rafael Garcia e pela pianista Ana Lúcia Altino, encontra-se João Carlos Martins, o famoso maestro e pianista, considerado um dos maiores intérpretes de Bach, que recentemente submeteu-se a uma cirurgia no cérebro para recuperar o movimento dos braços e “sonhar” com sua volta ao Carnegie Hall, NY. Destacam-se também o violinista russo Nikita Borisoglebsky, medalha de prata do Concurso Tchaikovsky de violino de 2007, o pianista lituano Kasparas Uinskas, o violinista francês Gilles Apap, considerado o “violinista do século XXI”, o violoncelista pernambucano Leonardo Altino, o contrabaixista russo Rinat Ibragimov, principal da Orquestra Sinfônica de Londres, entre outros artistas convidados.

Para homenagear Luiz Gonzaga, o IV VIRTUOSI DE GRAVATÁ encomendou a obra Memorial Musical de Luiz Gonzaga ao compositor paraibano Eli-Eri Moura cuja estréia será no dia 21 de julho. A obra tem texto de Tarcísio Pereira e está escrita para acordeom, viola, narrador, coro e orquestra. Além da grande homenagem a Luiz Gonzaga, o VIRTUOSI também celebra os 150 anos de nascimento do francês Claude Debussy com apresentação de obras importantes do compositor. Recitais ficam a cargo do pianista filipino Victor Asuncion, do pianista lituano Kasparas Uinskas e da pianista chinesa Tian Lu que executarão estudos, preludios e outras obras de destaque do compositor francês. As duas sonatas escritas para violino e violoncelo também serão apresentadas pelo violinista Nikita Borisoglebsky e pelo violoncelista Leonardo Altino.  Destaca-se ainda a participação especial do violinista francês Gilles Apap & Transylvania Mountain Boys.

FORMAÇÃO: A quarta edição do festival recebe cerca de 40 bolsistas, todos instrumentistas de cordas dos estados de Pernambuco, Paraíba, Pará e Rio Grande do Norte que, além de integrar a orquestra do festival recebem aulas de grandes professores como os violinistas Caroline Chéhadé (Canadá) e Alessandro Borgomanero (Brasil); o violista brasileiro Rafael Altino, a violoncelista dinamarquesa Katarina Bundsgaard e o contrabaixista russo Rinat Ibragimov. Vale salientar a presença de 13 jovens músicos integrantes da Orquestra Criança Cidadã do Coque. Este ano também o Virtuosi inova levando a música para a área rural. Serão realizados dois concertos nos distritos aos domingos.

PROGRAMAÇÃO: A abertura do IV VIRTUOSI DE GRAVATÁ, na sexta 13/07, será às 19h com o concerto MOZART PARA SEMPRE que conta com a participação do pianista Victor Asuncion, da violinista canadense Caroline Chéhadé, do violista Rafael Altino e da Orquestra do Festival sob a direção do Maestro Rafael Garcia.

A programação do dia seguinte, sábado (14/07), começa às 11h com recital do pianista filipino Victor Asuncion dedicado a Debussy e Ravel. Victor Asuncion tem se apresentado em grandes salas de concerto de vários países como Canadá, Japão, México e Filipinas. Entusiasta da música de câmara tem colaborado com artistas como Lynn Harrell, Cho-Liang Lin, Andres Diaz, entre outros. É professor assistente de piano da Universidade de Memphis desde 2004.

A noite do sábado apresenta o duo de violino-piano com Nikita Borisoglebsky e Kasparas Uinskas. Um dos mais brilhantes músicos da nova geração, Nikita Borisoglebsky tem sido reconhecido depois de sua apresentação brilhante no Concurso Internacional Tchaikovsky, em Moscou onde recebeu a medalha de prata além de cinco prêmios especiais. Detentor dos primeiros prêmios do Concurso Internacional Joseph Joachim de Hannover (2006) e Concurso Internacional David Oistrakh de Moscou (2007), Nikita apresentou-se com grande sucesso no Festival das Noites Brancas tocando com a orquestra do Teatro Mariinsky sob regencia do Maestro Valery Gergiev.

Domingo (15/07) pela manhã, às 11h, será o recital do violista pernambucano Rafael Altino acompanhado pelo pianista filipino Victor Asuncion. Mestre em Viola pela Juilliard School, foi membro da Filarmônica de New York e da orquestra “Sejong Soloists”. Atualmente é Primeiro Viola Solo da Orquestra Sinfônica de Odense e professor da Carl Nielsen Academy of Music, Dinamarca. Em maio de 2009 participou da turnê da Orquestra Filarmônica de Oslo na Europa como principal viola convidado.

O festival continua durante a semana com concertos sempre às 19h. Na segunda-feira (16/07), o VIRTUOSI GRAVATÁ apresenta recital do pianista Kasparas Uinskas. Estudou na Academia Lituana de Música e Teatro, Academia de Música Frédéric Chopin de Varsóvia (Polônia) e The Juilliard School (Nova York) como beneficiário da Bolsa Vladimir Horowitz. É diretor artístico do festival internacional “Nova Geração Musical” (Lituânia).

Na terça-feira (17/07), João Carlos Martins estará à frente da Orquestra do Festival com uma programação muito especial, inclusive atuando como solista em algumas obras. Entre Bach e Clóvis Pereira, João Carlos Martins apresenta obras de Tom Jobim, Baden Powell e Morricone.

No dia 18 será a apresentação da pianist chinesa Tian Lu que apresentará um programa dedicado a Claude Debussy especialmente. Elogiada pelo Miami Herald como ” uma artista promissora, claramente talentosa, com fortes instintos musicais e técnica impecável”, a pianista chinêsa Tian Lu já se apresentou como solista em toda a Ásia, Estados Unidos, Europa e América do Sul. Seu sucesso no mundo inteiro inclui prêmios em 9 concursos internacionais de piano.

Os artistas convidados para o festival se apresentarão na quinta feira dia 19 às 19h, numa noite dedicada à música de câmara. Os instrumentistas se encontram para realizar um programa especial onde obras de Rossini mostram a versatilidade do contrabaixo. O convidado especial da noite é o contrabaixista Rinat Ibragimov, principal contrabaixista de uma das mais importantes orquestras do mundo e professor da Guildhall School of Music and Drama (Londres).

Na sexta feira dia 20 Gilles Apap & Transylvanian Mountain Boys sobem ao palco da Igreja Matriz para realizar um espetáculo imperdível. Aclamado como o violinista do século 21 por Yehudi Menuhin, Gilles Apap é muito solicitado para tocar como solista com orquestras de todo mundo. Tornou-se amplamente conhecido por sua extraordinária habilidade de integrar estilos de música tão diversas como a americana oldtime, irlandês e cigana, com as normas do repertório clássico. Nascido na Argélia, Gilles Apap foi criado na França. Nos Estados Unidos estudou no Curtis Institute of Music.

No segundo sábado (21/07) do IV VIRTUOSI DE GRAVATÁ, a programação se divide em dois concertos, um às 11h e outro às 19h. Pela manhã, recital da violinista canadense Caroline Chéhadé acompanhada pela pianista Tian Lu. Reconhecida pela imprensa como “uma verdadeira violinista com uma técnica completa e sonoridade bem clara”, Caroline Chéhadé é vencedora em numerosos concursos, incluindo o Prix d’Europe. Formou-se com o Grand Prix do Conservatório de Música de Montreal e pela Manhattan School of Music e Mannes College. Caroline Chéhadé toca no Stradivarius Windsor-Weinstein de 1717 cedido por empréstimo pelo Conselho Canadá para as Artes.

No programa noturno, a Orquestra do Festival toma a Igreja Matriz de Sant’Ana, sob a batuta do Maestro Rafael Garcia. Será o grande momento da homenagem a Luiz Gonzaga. A noite começa com a obra A Coragem e a Cara – Memorial Musical de Luiz Gonzaga para ator, viola e acordeon solistas, octeto vocal, orquestra de cordas e sons eletrônicos, especialmente encomendada ao compositor Eli-Eri Moura com texto de Tarcisio Pereira. A obra terá a participação de: Flávio Melo (ator), Rafael Altino (viola), Lucyane Alves (acordeon), Coro Sonantis (UFPb), orquestra do festival. Em seguida e encerrando a noite o violoncelista Leonardo Altino sobe ao palco como solista da Orquestra do Festival apresentando obras de Tchaikowsky.

O festival se despede no domingo (22/07) com um concerto às 11h. O violoncelista Leonardo Altino apresenta seu CD Poema com obras do compositor pernambucano Marlos Nobre além de Debussy e Shostakovich. Ao piano sua mãe Ana Lúcia Altino.

Serviço:

IV FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ

Rafael Garcia, diretor artístico

IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA

13 a 23 de julho de 2012

Abertura, 13/07, às 19h

Sábado, 14/07, às 11h e 19h

Domingo, 15/07, às 11h

Segunda à sexta, 16 a 20/07, às 19h

Sábado, 21/07, às 11h e 19h

Domingo, 22/07, às 11h.



Esse texto foi publicado quarta-feira, junho 13th, 2012 às 3:24 PM na seção Sem categoria. Você pode acompanhar todos os comentários através do feed RSS 2.0. Você também pode comentar, ou criar um link para cá em seu site.

9 comentários to “GRAVATÁ RECEBE FESTIVAL VIRTUOSI PELO QUARTO ANO”

  1. Edivaldo

    Haverá o Virtuosi este ano no Festival de Inverno de Garanhuns ?

  2. Alexandra

    Que maravilha!!!! Estou super feliz por mais uma vez poder curtir as serras e ter este espetáculo grandioso.
    Obrigada pela coragem e perseverança, apesar de estarmos num país tão esquecido da cultura.
    Será um privilégio assitir ao maestro João Carlos Martins. Tenho certeza que vai ser inesquecível.
    Um grande abraço para o maestro Rafael Garcia e Srª Ana Lúcia Altino.
    Alexandra Mavridis

  3. MATIAS RISPOLI

    HOLA SOY CONTRABAJISTA DE LA ARGENTINA BUENOS AIRES QUIERO SABER COMO ANOTARME EN LAS CLASES MAGISTRALES DE RINAT IBRAGIMOV , EL VALOR DE LAS MISMAS Y LA DIRECCION DONDE SE VA A DICTAR EL CURSO .MUCHISIMAS GRACIAS !!

  4. Melquiel Luiz de França Júnior

    Mais uma vez Rafael Garcia e Ana Lúcia Altino estão de parabéns.Excelente programação.Vale apena prestigiar.

  5. Maristela

    Fantástico espero que continue e que venham outros artistas e programações realmente culturais para a cidade!!

  6. Carlos Alberto Silva

    Esperamos anciosos por esta maravilha de espetáculo. É um presente que nos é proporcionado. Parabéns e obrigado.

  7. jesse

    Será preciso ingresso para assistir aos concertos?

  8. Sivaldo

    Pelo quarto ano consecutivo, somos congratulados com “Excelente e Majestosa” música erudita, esplendida para nossa alma e grandiosa ao nosso espírito. Sem dúvidas, não poderia ser pra outro as homenagens deste ano, bem colocado. E o melhor de tudo isso, é aberto para todo o povo, o recital na Matriz de Sant’Ana. Parabéns Virtuosi.

  9. Marcos Café

    Apreciar a música, com “Os Clássico”, nas serras de Gravatá.
    Retornarei a Natal com as lembranças do inesquecível

Comente!

Seu comentário