Formado pelo violoncelista Leonardo Altino e sua mãe a pianista Ana Lucia Altino, o Duo Altino é a representação do que podemos chamar de fazer música em família. Há mais de trinta anos que Ana Lúcia e Leonardo se apresentam em Nova York, Boston, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Santiago e outras cidades nos Estados Unidos e no Brasil.

No ano passado, o Duo gravou o CD “Poema” através de seleção pública do programa Petrobras cultural. Este trabalho é uma coletânea das obras para violoncelo e piano do compositor pernambucano Marlos Nobre. Detentor de vários prêmios internacionais, o pernambucano Marlos Nobre é um dos principais compositores brasileiros da geração posterior a Villa-Lobos.

E será o repertório deste disco que será executado ao vivo pelo Duo Altino neste mês de agosto em apresentações nos Estados Unidos e na Grécia. Ana Lúcia e Leonardo foram convidados para realizar estes concertos na Rudi Scheidt Music School, em Memphis e no International Festival of Classical Music of Cyclades na Grécia. O Duo Altino realizará três recitais com uma programação que homenageia a obra de Marlos Nobre, contando com os temas “Desafio II”, “Três Cantos de Iemanjá”, “Três Cantilenas” e “Poema III”.

A viagem do Duo Altino também abrange masterclasses de música de câmara ao lado do professor e maestro Rafael Garcia. Em Memphis, Ana Lucia e Rafael Garcia realizarão palestra sobre a música de Marlos Nobre e sobre sua experiência como empreendedores culturais. Na Grécia, Leonardo Altino também dará masterclasses para alunos da Academia de Verão durante o festival da Ilha de Syros. Além do recital com obras de Marlos Nobre, Leonardo Altino participa do grupo de câmara que apresentará o octeto de cordas de Mendelssohn no país.

O Duo Altino foi selecionado através do Edital de Intercâmbio 2012 do Ministério da Cultura e recebe o apoio do Governo do Estado de Pernambuco através da FUNDARPE. Os dois artistas estarão representando Pernambuco e levando a música de concerto pernambucana a um nível internacional. O convite para a Grécia foi feito pela Specs’n’arts – Artist Management & Promotions, organizador do festival no país, que está com interesse de estabelecer um intercâmbio cultural entre as duas nações – Brasil e Grécia, sendo este um primeiro passo neste sentido.

Biografia – Leonardo Altino começou seus estudos musicais aos cinco anos de idade e realizou sua primeira apresentação aos oito. Tornou-se revelação aos 14 anos, quando foi o mais jovem vencedor no concurso “Jovens Concertistas Brasileiros”. Estudou no New England Conservatory of Music, na Escola Superior de Música de Detmold e na Universidade de Illinois. Elogiado pela revista Strad por sua “inteligência excepcional e som excepcionalmente elaborado”, Leonardo foi solista com as orquestras Sinfônica de Boston, Bogotá e São Paulo, entre outras, sob a direção de maestros como Eleazar de Carvalho e Isaac Karabtchevsky.

A trajetória musical de Ana Lúcia Altino vem desde sua graduação na UFPE, seguindo-se com cursos na Escola Superior de Música de Detmold com bolsa do governo da Alemanha. Vencedora de vários prêmios nacionais, foi pianista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo à convite do Maestro Eleazar de Carvalho. Responsável pelo ressurgimento do movimento musical da Paraíba, criou o Departamento e o Curso de Bacharelado em Música da UFPB. Criou juntamente com seu marido Maestro Rafael Garcia o projeto VIRTUOSI que compreende cinco diferentes festivais que são realizados durante o ano nas cidades de Recife, Olinda, Gravatá, Garanhuns e João Pessoa.