Na terça-feira (17/07), o Virtuosi Gravatá terá a honra de receber o maestro e pianista João Carlos Martins em sua programação. Considerado um dos maiores intérpretes de Bach, Martins é também um exemplo de superação e amor à música após submeter-se a uma cirurgia para recuperar os movimentos dos braços e voltar a segurar a batuta.

O regente estará à frente da Orquestra do Festival executando uma programação muito especial, inclusive atuando como solista em algumas obras. Entre Bach e Clóvis Pereira, João Carlos Martins vai apresentar obras de Tom Jobim, Baden Powell e Morricone. “Cada concerto que faço é o mais importante da minha vida. Este será também”, afirma o maestro. O concerto acontece na Igreja Matriz de Sant’Ana em Gravatá e tem início às 19h com entrada gratuita.

Após uma carreira meteórica como pianista com mais de mil apresentações no exterior, João Carlos Martins deixou como legado a gravação completa da obra de J.S.Bach para teclado. Considerado um de seus maiores intérpretes do século XX, apesar das inúmeras adversidades, acabou por abandonar o piano em 2003. Em 2004 iniciou uma nova carreira como maestro, transformando-se no músico clássico brasileiro mais requisitado pelo Brasil afora. Levou a música clássica para mais de um milhão de brasileiros em concertos públicos ao ar livre.

TERCA 17|07
19h ORQUESTRA VIRTUOSI
JOÃO CARLOS MARTINS, regente

Johann Sebastian BACH
Jesus Alegria dos Homens

Wolfgang Amadeus MOZART [1756-1791]
Eine kleine Nachtmusik

Guerra-Peixe & Clóvis PEREIRA [1932]
Mourão

Baden POWELL
Samba em Prelúdio

Tom JOBIM
Insensatez
Eu sei que vou te amar
Luiza

Tributo a Ennio MORRICONE
Arr.José Antonio Almeida

JOÃO CARLOS MARTINS, piano