Virtuosi Gravatá em 2010

Virtuosi Gravatá em 2010

Sucesso de público e crítica, o VIRTUOSI GRAVATÁ ganha mais uma edição e sobe a serra pela terceira vez para levar grandes nomes da música de concerto para a Igreja Matriz de Sant’Ana, no centro da cidade. Apresentado pela Prefeitura de Gravatá, o festival acontece de 09 a 17 de julho, com programação gratuita e dedicada aos 200 anos de nascimento do compositor húngaro romântico Franz Liszt.

Entre os destaques da programação do festival realizado pelo maestro Rafael Garcia e pela pianista Ana Lúcia Altino, encontra-se o jovem e já bastante premiado: o ucraniano Alexander Hrustevich, que vem ao Brasil pela primeira vez e é considerado um dos maiores acordeonistas do mundo. O festival escalou ainda o violinista russo Dmitri Berlinsky (um dos mais premiados violinistas da atualidade) e a violoncelista ucraniana Natalia Khoma, ambos detentores de grandes prêmios internacionais como o Tchaikowsky.

Para homenagear Franz Liszt, o III VIRTUOSI DE GRAVATÁ convidou três pianistas renomados internacionalmente para interpretarem peças deste compositor da escola romântica. Recitais com obras clássica de Liszt ficam à carga do pianista filipino Victor Assuncion, do pianista ucraniano Volodymyr Vynnytsky e da pianista coreana Jihye Chang. No repertório, as principais obras de Liszt como a Sonata em si menor, a Valsa Mefisto e os Grandes Estudos de Paganini.

FORMAÇÃO: A terceira edição do festival recebe cerca de 50 bolsistas, todos instrumentistas de cordas dos estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte que, além de integrar a orquestra do festival e recebem aulas de grandes professores como Benjamin Sung e Simom Gollo (violino), Rafael Altino (viola), Natalia Khoma e German Marcano (violoncelo) e Valeria Thierry (contrabaixo). Destaca-se a presença de Simon Gollo e German Marcano, ambos professores do Sistema de Orquestras Infantis e Juvenis da Venezuela, modelo de ensino internacionalmente reconhecido.

PROGRAMAÇÃO: A abertura do III VIRTUOSI DE GRAVATÁ, no sábado 09/07, começa às 19h e apresenta o Requiem do austríaco Mozart para coro, solistas e orquestras. Para apresentar a obra do compositor, o festival escalou um time de grandes cantores brasileiros como o tenor Gilberto Chaves (vencedor do Concurso de Canto Bidu Sayão), a soprano Adriana Queiroz (da Ópera de Berlim), a mezzo-soprano Adriana Clis (vencedora do Prêmio Carlos Gomes) e o barítono Saulo Javan (considerado um dos melhores do país). Acompanhando os cantores, o Coro de Câmara Villa-Lobos, da Paraíba e a Orquestra Jovem de Pernambuco sob a direção do Maestro Rafael Garcia.

A programação do dia seguinte, domingo (10/07), começa às 11h com recital do pianista filipino Victor Asuncion dedicado à obra de Franz Liszt. A tarde do domingo, às 17h, apresenta um duo de cello-piano com o pianista ucraniano Volodymyr Vynnytsky, solista das principais orquestras da Ucrânia e da Polônia, e com a violoncelista Natalia Khoma, vencedora de prêmios como Budapest Pablo Casals, Marneukirchen e Tchaikovsky e Belgrade International. No repertório, obras de Gaspar Cassado, Bela Bartok, M. Lysenko, Johannes Brahms, Frederic Chopin, Niccolo Paganini, David Popper e do próprio Volodymyr Vynnytsky.

O festival continua durante a semana com concertos sempre às 19h. Na segunda-feira (11/07), o VIRTUOSI GRAVATÁ apresenta recital da pianista Ana Lúcia Altino com o seu filho e violista Rafael Altino, viola Solo da Orquestra de Odense com peças de Paul Hindemith, Krzysztof Penderecki, Dmitri Shostakovich e Serguei Prokovief. Na terça-feira (12/07), Liszt volta a ser celebrado pela pianista coreana Jihye Chang Sung. Antes dela, o violinista Benjamin Sung interpreta obras do compositor Niccolò Paganini.

A noite de quarta-feira (13/07) apresenta os venezuelanos Simon Gollo (violino) e o German Marcano (violoncelista), ambos professores do Sistema de Orquestras Infanto-Juvenis da Venezuela, maior sistema de educação musical do mundo. Os músicos interpretam um programa dedicado a Brahms acompanhados pelo gênio do piano e conhecido do público do Virtuosi, o filipino Victor Asuncion. A quinta-feira (14/07) apresenta um duo de violino e piano com os instrumentista Dmitri Berlinsky e Victor Asuncion interpretando obras de Tchaikovsky, Ravel, Franck, entre outros. A programação continua na sexta-feira com Alexander Hrustevich (arcodeon) apresentando obras de Vivaldi, Bach, Wieniawski, etc.

No segundo sábado do VIRTUOSI DE GRAVATÁ, a programação se divide em dois concertos, um às 11h e outro às 19h. Pela manhã, recital com obras do homenageado Liszt, Glière, Messiaen, Popper. No programa noturno, a Orquestra do Festival toma a Igreja Matriz de Sant’Ana, sob a batuta do Maestro Rafael Garcia. O pianista Volodymyr Vynnytsky e o violinista Benjamin Sung se apresentam como solistas.

O festival se despede no domingo (17/07) também com dois concertos, às 11h e às 17h. O primeiro apresenta novamente o pianista Volodymyr Vynnytsky, desta vez com um recital composto por obras de Chopin, Revytsky e, do celebrado deste edição, Franz Liszt. A despedida do III VIRTUOSI DE GRAVATÁ traz novamente a Orquestra do Festival com Benjamin Sung, Valeria Thierry, Rafael Altino, Jihye Chang, Simon Gollo e Natalia Khoma.

III FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
Rafael Garcia, diretor artístico
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA
09 A 17 DE JULHO DE 2011
Abertura, 09/07, às 19h
Domingo, 10/07, às 11h e 17h
Segunda à sexta, 11 a 15/07, às 19h
Sábado, 16/07, às 11h e 19h
Domingo, 17/07, às 11h e 17h.

Mais informações: www.virtuosi.com.br | @virtuosirecife | 81 33630138