Caderno C, 02/06/2011

Depois de promover oito espetáculos de música instrumental ao longo dos últimos dois meses, o festival Virtuosi sem Fronteiras realiza seu penúltimo encontro neste final de semana no salão nobre do Teatro de Santa Isabel. Quem se apresenta amanhã é o flautista Rogério Wolf e o pianista Fernando Tominura. No domingo, Wolf retorna ao palco junto com o flautista Sérgio Morais e o violonista Paulo Porto Alegre.

As apresentações estão marcadas para as 17h e têm entrada gratuita. Pelo festival, promovido pela Virtuosi Sociedade Artística, já passaram artistas como o percussionista Naná Vasconcelos, a pianista Ana Lúcia Altino e o quarteto de cordas Ensemble São Paulo. O evento tem oferecido oficinas artísticas, como a de canto, ministrada por Saulo Javan e Adriana Clis.

O destaque desse penúltimo final de semana do festival é o flautista Rogério Wolf (SP), referência do instrumento no Brasil. Em mais de 25 anos de carreira, ele foi o primeiro flautista de importantes orquestras brasileiras como a OSESP e a OSB. Acompanhado do pianista paulista Fernando Tominura, Wolf vai apresentar no Virtuosi sem Fronteiras um repertório clássico, com peças de Dvorak, Gaubert, Bridge e Widor.

No domingo, Wolf volta ao salão nobre do Teatro de Santa Isabel, ao lado de Sérgio Morais no violão, com repertório baseado em chorinhos. Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim, entre outros compositores, integram o programa.

k Virtuosi sem Fronteiras, no Teatro de Santa Isabel. Hoje e amanhã, às 17h. Praça da República, s/nº, Santo Antônio. Entrada gratuita. Informações: www.virtuosi.com.br.