O contrabaixista Catalin Rotaru foi o grande destaque do concerto da manhã de sábado, 11/07, da Igreja Matriz de Sant`Ana que estava mais uma vez lotada para receber o Festival Virtuosi de Gravatá. Com seu grave – e grande – instrumento, ele encantou a todos tocando peças para feitas originalmente para violino como o Capricho 24 de Pagannini. Em seguida, o violinista Benjamin Sung tocou a dificílima Cigana, peça para violino e piano de Ravel, acompanhado pelo pianista Victor Assunción. O viloncelista Hrant Parsamanian tocou a Ária Cigana, de Sarasate, acompanhado também pelo pianista Victor Assunción, que apresentou a última obra do concerto, a Valsa Mefisto de Lizst.