Violista principal da Sinfônica de Odense, Dinamarca, começou seus estudos musicais com seu pai Rafael Garcia aos 9 anos. Aos 17 anos mudou-se para os Estados Unidos onde recebeu os diplomas de Bacharel pelo NEC, Boston e Mestre pela Juilliard School. Participa em festivais internacionais e concertos, em vários países tais como Brasil, França, Grécia, Japão, Noruega, Espanha, Suécia, Taiwan e Estados Unidos, entre outros. Ensina nas Academias de Música Carl Nielsen, Odense e Malmö, Suécia. Toca numa viola francesa do final de 1700 de autor desconhecido com um arco James Tubbs cedidos pelo Instrumentfonden da Sinfônica de Odense.Gravou o CD “Viola a Rafael” e o Concerto Steppenwolf de Christian Lindberg pelo selo Bis.