Em junho de 2005 foi realizado o I VIRTUOSI BRASIL com a participação de artistas como o violonista Fábio Zanon, o violinista Daniel Guedes e o pianista Flávio Augusto juntamente com a Orquestra Jovem de Pernambuco sob a regência do Maestro Rafael Garcia. Durante o festival foi feito o lançamento em Recife do CD “Impressões Brasileiras” do violinista Daniel Guedes.

Já em 2006 o VIRTUOSI BRASIL trouxe a Recife os grupos Sujeito a Guincho, Quarteto de Cordas da Codade de São Paulo e o UAKTI. Na mesma ocasião através do projeto Circulação de Música da FUNARTE/Petrobras, o Virtuosi Brasil realizou concertos em Natal e João Pessoa com os mesmo grupos totalizando 9 concertos em 3 dias.

Em 2007 o III VIRTUOSI BRASIL comemorou os 100 anos de nascimento dos compositores Camargo Guarnieri e José Siqueira. Participaram do evento a Camerata Armorial que apresentou um Festival Beethoven, a cantora Adélia Issa com o pianista Ricardo Ballestero apresentando “Grandes Poetas, Grandes Canções”. Finalmente na terceira noite a Camerata Armorial além de apresentar obras dos compositores homenageados executou pela primeira vez no nordeste do país a obra Santos Futebol Music do compositor paulista Gilberto Mendes.

O IV VIRTUOSI BRASIL realizado em 2008 trouxe ao Brasil pela primeira vez a violinista Americana Elena Urioste, vencedora do Concurso Internacional de Sion, Suiça (2007). Considerada minoria por ser de etnia Mexicana/basca, Elena Urioste venceu diversos concursos realizados pela Sphinx, organização norte-americana que tem como missão aumentar a participação de negros e latinos nas escolas de música. Participou também do evento o Quinteto Brassil.